• Gelson Celistre

O poder da oração

Atualizado: 21 de out.

(Publicado originalmente no blog Apometria Universalista em 24/4/2022)


Recentemente na postagem Intenção, já comentei sobre como funciona na prática a oração e houve muita discussão em nossa página e grupo no Facebook pois muitas pessoas não aceitam que suas orações não sejam atendidas por Deus ou por algum santo ou divindade para a qual oraram. Essa semana tivemos mais dois casos em que nos deparamos com o poder da oração mudando a vida das pessoas, com orações de uma devota católica e outra evangélica. Em ambos os casos foram orações de mães preocupadas com o relacionamento do filho amado.

No primeiro caso atendemos uma moça adolescente que terminou seu primeiro namoro e que ela relatou que foi uma relação abusiva. Depois disso conforme palavras dela passou a sentir "... uma tristeza muito grande, uma necessidade de ficar em silêncio, a sensação de estar sem energia mesmo dormindo normalmente, vontade de chorar e de ficar sozinha o tempo todo, um desânimo pra tudo que eu vá fazer, não me sinto pertencente a grupos de pessoas na escola, me sinto sozinha e sem amparo ..."

No atendimento vimos que a mãe do rapaz não queria que ele namorasse e rezou muito a Deus para que o namoro do filho terminasse, fez promessas rezando na igreja para alcançar essa graça e chegou a sonhar com o fim do namoro. Na igreja onde ela orou fervorosamente havia dezenas de fiéis desencarnados que como depois de mortos não foram para lugar nenhum ficaram na igreja onde frequentavam e ouvindo a oração fervorosa dessa mãe resolveram atendê-la. Esses espíritos, 38 para ser mais exato, fizeram um círculo ao redor da moça para isolá-la dos colegas e do namorado. Espíritos com energia ruim que faziam as pessoas se sentirem mal perto da moça. Além de a estarem vampirizando ainda colocavam pensamentos ruins na mente dela. Apagamos a mente do grupo de espíritos e os encaminhamos para reencarnação. E sabem por que a mãe do rapaz não queria que ele namorasse? Porque numa vida anterior ele já foi filho dela e fugiu para se casar com uma moça que ela não aprovava. Quando ele começou a namorar agora abriu essa frequência e ela ficou sintonizada com aquela vida, temendo perder o filho novamente na vida atual ela orou muito pedindo que o namoro terminasse. Detalhe a moça da vida atual nem era a da vida passada com a qual o filho dela fugiu. No segundo caso o poder da oração de outra mãe zelosa pelo filho já durava muitos anos. Essa outra é evangélica e o filho foi noivo durante muitos anos com uma moça, que terminou o relacionamento por ter se tornado abusivo. A mãe do alecrim dourado ficou com raiva da moça por ter terminado o noivado com o filho dela e rogou uma praga para que ela fosse abandonada pelos homens com quem se relacionasse e também não tivesse sucesso profissional pois ela terminou o noivado logo após ter se formado na faculdade e a mãe zelosa achava que o filho dela é quem tinha bancado a faculdade da moça, quando na verdade foram os pais dela. Essa outra mãe zelosa rogou a praga na igreja evangélica que frequenta, onde verbalizou a maldição e colocou o nome da moça em várias correntes de oração na igreja. Mais uma vez nos deparamos com fiéis mortos vivendo na igreja. Um espírito que em vida era obreiro da igreja evangélica ouviu a oração dessa mãe e resolveu atendê-la. Passou a ficar perto da ex-noiva do filho dela prejudicando seus relacionamentos amorosos e fazendo com que ela não tivesse sucesso em seus empreendimentos financeiros. Sempre que me deparo com um espírito desses eu pergunto por que ele não está no sono dos justos, aguardando a ressurreição e o julgamento final e todos respondem a mesma coisa, que eles são especiais, que Deus deu esse propósito para eles e blá blá blá. Esse obreiro também teve a mente apagada e foi encaminhado para reencarnação. Então, muita gente tem suas preces e orações atendidas por espíritos medíocres, fiéis e devotos em vida que depois de mortos ficam rondando as igrejas e templos, vampirizando os frequentadores e atendendo suas preces como se fossem anjos do Senhor. Existem leis regulando o universo e não vai ser porque um ser ignorante não aceita ou não entende um acontecimento que Deus vai mudar as regras apenas para atender essa criatura.

26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo