• Gelson Celistre

Trabalho para abrir os caminhos

É muito comum as pessoas procurarem algum terreiro em busca de um trabalho de magia para abrir os seus caminhos, geralmente mais voltado para questão profissional, mas também pode ser para questões amorosas e outras. Na mente dessas pessoas, acredito eu que da grande maioria senão de todas, elas não estão fazendo mal a ninguém, pois afinal de contas é apenas um trabalho para ela própria, para que receba algo que ela imagina que ainda não tem por que algo está bloqueando sua vida, talvez por inveja de outras pessoas, ou por algum motivo que ela desconhece. Na teoria parece simples, mas na prática não é bem assim, conforme já expliquei anteriormente na postagem Abertura de caminhos, de 2017.

Atendemos um homem saudável, na faixa dos 40 anos, que de repente começou a adoecer, nada muito grave, mas pegou uma virose que o deixou febril por duas semanas, teve problemas respiratórios, depois conjuntivite, diarreia e até hemorroidas. Parece que até um exame de sangue que ele fez num laboratório extraviou a amostra e o resultado atrasou bastante. Ao investigarmos a situação nos deparamos com dois trabalhos de abertura de caminhos de colegas que trabalham na mesma empresa que ele.

Um dos colegas é uma mulher e segundo o espírito que pegou o serviço, ela não queria fazer mal a ninguém e por isso não foi usado sangue no trabalho, a entidade pediu flores, cachaça e pipoca. Porém, a entidade identificou o homem que nós estávamos atendendo, nosso consulente, como um empecilho para o crescimento da mulher na empresa e por isso o atacaram. Mas esse trabalho não era específico para ele e havia mais dois espíritos atacando também outros colegas dessa mulher na empresa.

Efetuamos os procedimentos de praxe, desmanche do trabalho, retirada dos espíritos envolvidos, dos que trabalhavam no terreiro e resgate de outros ligados a eles de vidas passadas, pois a maioria eram de negros que foram escravizados, e foi um resgate até grande, cerca de 1.700 espíritos no total.

O outro trabalho foi encomendando por um homem também colega do nosso consulente, e esse apesar de ter sido feito num terreiro menor, afetou bastante o consulente, pois o espírito que pegou o serviço em sua última encarnação foi um negro que morreu no tronco após muito sofrimento, inclusive estuprado como parte da tortura ele foi. Nós igualmente desmanchamos o trabalho de magia e resgatamos os espíritos ligados ao terreiro, que eram em torno de 300. Também não era específico para nosso consulente, mas o estava afetando porque os espíritos que pegaram o serviço o viram como uma ameaça ao crescimento na empresa das duas pessoas que encomendaram o os trabalhos de abertura de caminhos.

Na prática vemos que não existe isso de não fazer mal a ninguém e essas duas pessoas que encomendaram esses trabalhos vão sofrer as consequências no futuro, pois fizeram um acordo com entidades que no futuro irão cobrá-las, além de terem gerado um karma ruim para si pois são corresponsáveis pelo mal que foi feito a várias pessoas para que elas se beneficiassem.

371 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo