top of page

Tarot

O tarot é um baralho de cartas utilizado como oráculo para previsão do futuro desde o século XVIII, embora tenha surgido entre os séculos XV e XVI no norte da Itália, segundo a Wikipedia. Os baralhos de cartas já existiam e foi com a adição de novas figuras simbólicas que se criou o tarot. O tarot tem 78 cartas, que são chamadas de arcanos, sendo 22 os arcanos maiores e 56 os arcanos menores.

Tarot de Marselha

A previsão do futuro sempre despertou o interesse de muitas pessoas e sempre existiram os oráculos e meios de adivinhação, a cartomancia é apenas mais um. Praticamente qualquer coisa pode ser usada como método de adivinhação: borra do café, entranhas de animais, búzios, fogo, runas, folhas de chá, etc. A meu ver seja qual for o sistema utilizado a previsão deriva da interpretação do que o oráculo revelou e isso ocorre através da intuição de quem está fazendo a previsão.

Um sistema divinatório mais simples como o da borra de café exige muito da intuição do oraculista pois não há muitos elementos para servir de suporte para sua mente, só o que ele tem são supostas figuras formadas pela borra de café dentro de uma xícara . Já um sistema como o tarot onde existem 78 cartas cada uma já com uma simbologia, o oraculista já tem muito mais elementos de onde partir, já tem uma base para construir a previsão. Mas independente de qual seja o método nenhum deles pode garantir que a previsão seja real, ou seja, que de fato o que previu vai acontecer. Mesmo considerando que o oraculista tenha alguma capacidade espiritual, o futuro está em constante mutação e um evento aparentemente insignificante pode alterar o resultado da previsão.

Mas esta postagem é sobre o tarot porque eu atendi recentemente alguns casos envolvendo tarólogos e as situações que encontramos são muito comuns e cabe o alerta aos que procuram saber coisas através das cartas. Apesar de haver um método em todo sistema divinatório, no caso do tarot são os símbolos das cartas, como eu mencionei antes a previsão se dá pela interpretação do oráculo e aí entra a intuição do oraculista, no caso do tarot, a intuição do tarólogo.

Pela nossa experiência sabemos que, mesmo que o cartomante ou tarólogo não saiba, ele está sendo intuído por um espírito. Ainda não nos deparamos com nenhum caso em que a pessoa que joga cartas para fazer previsões não estivesse sendo intuída por um espírito. Tudo bem, muitos trabalhos espirituais são feitos em parceria, nós por exemplo temos uma equipe espiritual que nos auxilia, isso não é um problema.

O problema é quando a pessoa que joga as cartas tem má índole, é um mau caráter, e quer explorar a pessoa que está se consultando. Essas pessoas mal intencionadas geralmente começam falando do presente da pessoa e de seu passado, e acertam muita coisa porque os espíritos que trabalham com elas veem na mente de quem está se consultando e falam ou intuem o cartomante ou tarólogo. Aí como o tarólogo acertou alguma coisas do presente e passado da pessoa, isso cria uma credibilidade que o tarólogo usa para prever o futuro, geralmente vendo coisas ruins que supostamente irão acontecer, mas que ele pode resolver de algum jeito, ou revelar alguma coisa que está acontecendo na vida da pessoa e que ela não sabe.

Dos casos recentes que atendemos, um deles o tarólogo disse para um homem que tinha uma magia feita contra ele por uma ex-mulher, em outro disseram para uma mulher que a mesma coisa. Em ambos os casos era mentira, não havia magia nenhuma contra eles. No caso do homem o tarólogo colocou um espírito velho e doente perto dele para que se sentisse mal e realmente achasse que havia algum feitiço, para que pedisse ao tarólogo para desmanchar. No outro caso colocaram um espírito junto da mulher para a induzir a se consultar novamente com o tarólogo.

Num outro caso uma mulher consultou cinco tarólogas e lhe disseram que o casamento dela estava para terminar, que tinha magia para a empresa que ela trabalha quebrar, que a filha iria dela iria morrer, e ela, o marido e a filha adoeceram mesmo, pois havia cinco espíritos na casa dela disputando quem conseguiria fazer ela retornar ao seu tarólogo, todos espíritos de baixa vibração com uma energia péssima.

Já pegamos casos em que a pessoa foi extorquida em milhares de reais, porque eles amedrontam a pessoa e os espíritos que atuam junto ao tarólogo induzem a pessoa a pagar. Eles criam o problema para vender a solução. Então o alerta é o seguinte: se o tarólogo acerta muita coisa do passado e presente é porque está sendo assessorado por algum espírito, mas isso não significa que ela tenha poder de prever o futuro, nem os espíritos desencarnados têm, então não se deixe iludir por isso. É golpe.

Se o tarólogo está te intimidando com acontecimentos ruins que ele está vendo ou prevendo, dizendo que você tem que fazer tal coisa com ele senão vai sofrer ou perder alguma coisa ou alguém, é golpe. Dizer para uma mulher que fizeram magia para separar ela do namorado, noivo ou marido deve ser o resultado de 90% das previsões amorosas desses tarólogos picaretas, cujo intuito é arrancar dinheiro dos clientes.

Muitas vezes tem magia mesmo, sabemos que tem, mas aí entramos em outra questão: será que esses que prometem desmanchar ou fazer magias de fato conseguem cumprir aquilo que prometem? Sobre magia e feitiço temos várias postagens em nosso site, só se deixa enganar quem não leu nossos relatos. Um oraculista ter a capacidade de identificar uma situação não significa que ele tenha condições de tratá-la, por exemplo, o tarólogo viu que a pessoa está sofrendo influência espiritual negativa, ou seja, tem um obsessor com ela, não significa que o tarólogo tenha condições de tratar isso pois retirar um obsessor envolve vários fatores.

Eu acredito que algumas coisas podem ser previstas até por quem não tem um grande talento, por exemplo, se a pessoa está com uma energia densa grudada em algum órgão um oraculista pode captar essa energia e prever com razoável certeza que ela vai ter uma doença naquele órgão. Isso pode ser visto no tarot, nos búzios, na mesa radiônica ou em qualquer outro sistema divinatório, até um médium vidente pode prever isso.

Nós conseguimos ver se uma pessoa gosta realmente da outra ou se o interesse é apenas sexual ou financeiro, então podemos prever com relativa facilidade se um relacionamento vai dar certo ou não, mas não podemos dizer com exatidão quanto tempo vai durar. Tudo envolve estimativas e probabilidades e em situações complexas que envolvem muitas variáveis uma pequena mudança em uma delas pode mudar o desfecho da situação e a previsão não se realizar.


485 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Magnetismo

Seichim

bottom of page