top of page
  • Gelson Celistre

Quiumba

(Publicado originalmente no blog Apometria Universalista em 5/5/2021)


Quiumba ou kiumba é um espírito atrasado, obsessor, espírito de baixa vibração ainda dominado pelas paixões inferiores e vícios e sentem prazer em praticar o mal, sendo muito usados por terreiros que fazem magia negra. Hoje nos deparamos com um espírito desses num atendimento. A moça que atendemos estava entrando num estado depressivo, com fortes crises de ansiedade, vontade de chorar, irritação e nervosismo.

Ao sintonizar com a consulente logo se manifestou um espírito rindo muito, disse que se depender dele ela nunca vai se feliz, que está junto dela para garantir doses diárias de insegurança, ansiedade e pânico, que ela precisa passar por isso para aprender que não é melhor do que ninguém. A energia desse espírito, desse quiumba, era tão densa que o médium quase vomitou.

E porque motivo esse quiumba estava tentando destruir a vida da moça? Porque ela rejeitou um rapaz que queria sair com ela, o rapaz se sentiu humilhado, rejeitado, e ela mandou fazer um trabalho para que ela fosse infeliz, para ela se sentir mal e não ter nada na vida. É claro que a moça tem alguma abertura kármica para que isso aconteça, além de ter alguma mediunidade, o que a torna mais suscetível a trabalhos de magia.

Esse quiumba em sua última encarnação foi preso aos 21 anos por tentativa de homicídio, ficou 10 anos na cadeia, e depois que saiu virou um morador de rua e praticava pequenos furtos. Morreu aos 38 anos, doente, com febre e passando fome na rua. No astral estava vagando no baixo astral onde foi pego pelas entidades do terreiro onde o rapaz fez o feitiço e imantado à moça. Somente o fato dele estar encostado na moça já era o suficiente para causar nela todo o mal-estar que ela estava sentindo, pois ele encostado trocava energia com ela e como a energia dele era muito densa a moça sentia essa queda na sua energia e vibração, que lhe afetava emocional e psicologicamente. Numa outra vida passada esse quiumba foi feitor de escravos, era cruel e matou 38 escravos com castigos e torturas. A fazenda onde ele trabalhou ainda existia no astral e resgatamos cerca de 600 espíritos de escravos. A mente do quiumba foi apagada e ele foi encaminhado para reencarnação. Desmanchamos o trabalho e a moça levamos em desdobramento para um hospital no astral para limpeza e refazimento energético.

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page