top of page
  • Gelson Celistre

Prosperidade

(Publicado originalmente no blog Apometria Universalista em 28/2/2022)


Muitas pessoas nos solicitam atendimento para tratar a questão financeira, prosperidade, pois acreditam estar com essa área estagnada ou enfrentando muitas dificuldades. Uma situação muito comum nesses casos é a pessoa já ter feito algum trabalho em religiões de matriz africana para prosperidade ou abertura de caminhos, e que além de não ter dado certo ainda está piorando a situação da pessoa.

Inicialmente temos que esclarecer que não temos como saber o quanto de um karma a pessoa já resgatou, pois teríamos que ver inúmeras vidas dela, o que é impraticável pois levaria dias ou semanas, mas nós identificamos em nosso trabalho o tipo de karma que a pessoa está resgatando, retiramos obsessores e energias que irão amenizar a situação, mas o quanto vai amenizar não temos como saber, apenas podemos deduzir em muitos casos que a pessoa teria que fazer várias consultas para limpar as energias ao seu redor a ponto dela sentir alguma melhora. Mas a situação que vou descrever tem dois agravantes, um é que os espíritos do terreiro ficam atrapalhando a vida financeira da pessoa para que ela volte a fazer trabalhos, ou que reforce o que foi feito, e o outro é que o espírito que pegou o serviço no terreiro tem ligação kármica com a pessoa que deveria auxiliar e na verdade o que ele faz é se vingar dela. A pessoa em questão foi dono de escravos em vida passada, gostava muito da vida que tinha, e pedia em oração a Deus que se existissem outras vidas que ele tivesse o mesmo poder que tinha nessa vida. Numa outra vida passada esse dono de escravos foi um homem muito religioso e tinha um monge que era seu mentor e orientador e esse monge na vida onde o dono de escravos rezava pedindo para ter esse poder em outras vidas, estava morto e tentou ajudar o amigo.

Como o monge não tinha muita força o que ele conseguiu foi conectar um escravo ao homem, na esperança de que no futuro esse escravo servisse ao homem novamente, e foi esse espírito do escravo que pegou o serviço que a pessoa fez na vida atual no terreiro para abrir os caminhos e ter prosperidade, só que agora ele tem noção do que aconteceu com ele e fica cobrando mais da pessoa, atrapalha o que pode a vida financeira dela para se vingar e para que ela volte ao terreiro e faça mais trabalhos o reforce o que já fez. Havia então dois espíritos envolvidos na falta de prosperidade da pessoa que atendemos, um espírito que foi escravo dela e outro que foi mentor religioso, os dois a sugando energeticamente, pois quando você contrata um trabalho de magia parte do pagamento é a sua própria energia que é sugada pelo espírito, e quando tem um espirito junto de você o tempo todo ele também te suga a energia. Nós apagamos a mente dos dois espíritos e os encaminhamos para reencarnação, juntamente com cerca de 140 escravos que ainda estavam na frequência de vida passada onde a pessoa que atendemos era dono de escravos. Veja que se a pessoa foi dono de escravos ela explorou outras pessoas e isso já denota que se ela está resgatando esse karma agora, o que se deduz pela ligação dela com o escravo, isso já indica que ela não terá muitas facilidades financeiras na vida, embora como eu disse não temos como saber o quanto desse karma a pessoa já resgatou. Mas o interessante e que já alertei em outras postagens, é a pessoa que foi dono de escravos procurar ajuda em terreiros e encontrar espíritos de negros que foram escravos dela e que inclusive usam a energia do trabalho que a pessoa encomendou contra ela mesma, como nesse caso ao invés de tentar ajudar a pessoa financeiramente ele atrapalhava propositalmente.

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page