top of page

Exu do Ouro

Hoje fizemos um desbatismo de uma pessoa que foi iniciada numa casa de religião de matriz africana. Essa pessoa frequentou um tempo, chegou a ser batizada na religião, mas pediu para sair pois não estava certa de que deveria seguir por aquele caminho. Se passaram alguns anos desde que ela saiu e recentemente fez uma consulta conosco por não estar se sentindo bem e vimos que um espírito de terreiro a estava perturbando para que ela renovasse alguns trabalhos que fez naquela casa. Informamos a ela o que ocorre quando se faz algum trabalho de magia e sobre essas iniciações e ela solicitou então que cortássemos as ligações dela com essa casa de religião, que a pessoa inclusive acreditava que já nem existiam por ela ter pedido para sair e deixado de frequentar.

Ela nos solicitou num dia e o atendimento seria no dia seguinte e durante a noite ela sonhou que estava junto com o marido numa grande orgia sexual da qual ela não conseguia sair e a muito custo conseguiu acordar. Ela nos relatou o sonho e na hora do atendimento verificamos o que houve nesse sonho. As entidades da tal casa de religião que a acompanhavam viram que ela pediu esse atendimento para nós e então foram com tudo para cima dela para tirar toda a energia que pudessem dele, principalmente a sexual. Essa pessoa já participava desses encontros sexuais, sem saber disso, desde que entrou na tal casa e mesmo depois que saiu as entidades continuaram a usando sexualmente pois essa pessoa tem muita libido.

Foi aí que nos deparamos com o Exu do Ouro, que confesso que nunca tinha ouvido falar e olha que já encontrei um bocado de exus nesses quase 20 anos trabalhando com apometria. A princípio achei estranho porque a tal casa é dedicada a Oxum, então esperava encontrar como chefe do terreiro no astral uma entidade feminina que se apresentasse como Oxum, mas esse cidadão era o chefão lá e pesquisando descobri que ele é um exu da linha de Oxum, que é a Ranha do Ouro. Conversei um pouco com ele que me revelou que veio para cá no astral acompanhando os negros escravizados para os proteger, mas que nunca teve encarnação aqui, nunca foi escravizado.

Deixei ele observando e mandei o médium ao terreiro onde ele era o chefão, a tal casa de religião, e lá verificamos que a pessoa responsável pela casa, a mãe-de-santo, era uma mulher branca que em vida passada foi dona de escravos e que no astral conseguiu manter todos os negros escravizados que ela tinha presos, e ainda hoje eles eram escravos dela, a casa toda era mantida por esses negros que foram escravos dela. Eram cerca de 150 espíritos de negros escravizados que atuavam junto aos médiuns e sustentavam a casa, que foram todos libertados. Depois perguntei ao Exu do Ouro se foi para isso que ele veio junto com os negros escravizados, para ajudar uma branca dona de escravos a manter os irmãos dele escravizados ainda depois de vários séculos.

O Exu do Ouro ficou um pouco atordoado e confuso com as coisas que viu quando ela era dona de escravos aqui no físico. Como alguns outros espíritos que já encontramos, ele esqueceu suas origens, o real motivo dele estar aqui, e acabou se deixando levar pelas circunstâncias, provavelmente atuava em magias que os negros faziam contra os brancos, foi ficando em terreiros, era prestigiado pode ser forte, por ter poder, e se perdeu, ao ponto de hoje estar trabalhando num terreiro de uma mulher que pode-se dizer que se apropriou culturalmente da magia africana. Ele aceitou ser levado junto com os demais espíritos de negros escravizados para refletir sobre suas escolhas.

No ritual de iniciação dessa pessoa que estávamos desbatizando, vimos que colocaram um ser artificial no ori (cabeça) dela. Esse artificial tinha uma forma humana mas parecia uma sombra, foi destruído e a conexão da pessoa com a casa foi desfeita, cortamos os laços magnéticos que a ligavam ao terreiro e às entidades da casa. Ligados ao terreiro ainda resgatamos mais de 5.000 espíritos e vimos que essa casa de religião tem umas atividades caritativas onde recolhem alimentos para uma comunidade carente, mas que na realidade é uma fachada para que essas pessoas fiquem aprisionadas no astral da casa e sua energia seja usada nos trabalhos de magia que fazem ali. No fim das contas não ficou claro de onde veio esse nome de Exu do Ouro, lógico que as pessoas associam a prosperidade e dinheiro, mas me parece que tem a ver com a energia que ele tinha, que era da linha de Oxum, e como ele era homem as pessoas devem ter entendido que ele atuava na esquerda de Oxum ou coisa parecida.

829 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page