top of page

Desmanche de magia

Atendemos um caso interessante no qual uma vítima de magia, uma mulher que vamos chamar de Sofia, começou com ansiedade e depressão há cerca de dois anos e ultimamente piorou muito com crises de pânico, angústia, tristeza, falta de ar, insegurança etc. Recorreu a várias terapias com medicamentos, mas o que está lhe trazendo um breve alívio é a frequência a um centro espírita, porém, relata que só sente alívio no dia que vai, no dia seguinte já volta a sentir tudo novamente.

A causa desse quadro doentio é um trabalho de magia para que Sofia morra e uma cunhada da Sofia teve um sonho na qual uma mulher negra lhe revelava a existência desse trabalho de magia e a orientando que fosse desfeito o quanto antes, dizendo para a cunhada que Sofia devia voltar para sua cidade e desse um jeito de desfazer esse trabalho.

A cunhada comentou sobre o sonho com um cliente nosso e ele lhe falou sobre o nosso trabalho, nos indicando para tratar a Sofia e essa questão da magia. Desde então nosso cliente, a cunhada e até familiares dela estão sendo atacados espiritualmente. O espírito da tal mulher negra passou para nosso cliente, que tem mediunidade, que o trabalho de magia seria da Quimbanda. No sonho a mulher negra disse para a cunhada da Sofia que o trabalho foi mandado fazer por uma mulher que está interessada no marido da Sofia e que não adianta ela ficar fazendo tratamentos, tem que voltar para a Bahia e procurar alguém lá para desfazer o feitiço, disse que era um feitiço de sete luas e que o tempo dela estava acabando. Sofia mora na Bahia mas devido a seu estado de saúde foi para a casa dos pais que fica em outro estado.

Verificamos que de fato existe um trabalho de magia para que a Sofia morra, e que foi encomendado por uma mulher que teve um relacionamento com o marido da Sofia e não aceitou o término, ela quer que a Sofia morra para que ela possa voltar a ter algo com o marido da Sofia. Até aí não tem nada demais, já nos deparamos com casos assim inúmeras vezes, o que eu achei interessante é que a mulher negra que avisou a cunhada da Sofia em sonho é a própria mãe-de-santo que fez o trabalho de morte contra Sofia.

Essa mãe-de-santo se desdobrou durante o sono e foi atrás da cunhada revelando a existência do trabalho porque queria que a Sofia fosse em algum terreiro na Bahia e pedisse para desfazer o trabalho contra ela, para assim poder abrir uma frequência de vida passada na qual a Sofia era feiticeira e aí o feitiço de morte ia pegar e ela morreria de vez. Uma boa artimanha da mãe-de-santo, só não contava que esse caso fosse chegar em nós.

O pagamento prometido para a mãe-de-santo depois da morte da Sofia a estava motivando muito e ela literalmente vendeu a alma para o diabo para conseguir concluir o serviço. Ela invocou um ser que tinha mesmo a forma de um diabo, era um ser humanoide todo vermelho, com uma cara com um focinho parecendo um cão e chifres. Esse diabo vermelho está com essa forma há tanto tempo que ele não tem mais forma humana e é um espírito relativamente forte.

A mãe-de-santo não sabe, mas o diabo vermelho estava sugando tanto ela que mesmo se concluísse o serviço matando a Sofia ela também morreria em breve. A mãe-de-santo tinha 26 espíritos trabalhando com ela o diabo vermelho prendeu todos eles e tomou conta do terreiro dela. Para que a Sofia morresse estavam atuando em duas frentes, uma para que ela cometa suicídio e outra para que morra num acidente de carro.

Para que ela entrasse em depressão profunda e cometesse suicídio o diabo vermelho a conectou com um vale de suicidas no astral no qual havia mais de mil espíritos, sendo que uns 200 estavam junto da Sofia. Para provocar o acidente de carro havia outros 30 espíritos. Nós resgatamos todos os suicidas, os que estavam no vale e os que estavam com a Sofia, retiramos e obliviamos os espíritos que estavam tentando provocar o acidente, e o diabo vermelho quando dei o comando para que voltasse a forma humana, como ele não tinha mais, virou um ovoide e foi encaminhado por nossa equipe que vai tentar encaixar ele no ciclo reencarnatório. Desmanchamos o feitiço e limpamos a Sofia, que foi levada para um hospital no astral para tratamento, onde vai ficar alguns dias.

Como ninguém sofre sem merecer, fomos ver o que a Sofia aprontou no passado para estar com essa carga toda sobre ela e obviamente ela já foi uma feiticeira. Idade Media, a esposa de um senhor feudal procura os trabalhos de Sofia para ter um filho homem e Sofia decidiu que queria a vida dessa mulher, a mulher teve o filho homem que queria, mas aos cinco anos de idade ele morreu devido a um feitiço da Sofia, depois morreram os pais da mulher, o marido se desinteressou por ela sexualmente, arranjou várias amantes, e ela entrou em depressão e definhou até morrer. Sofia se casou com o senhor feudal e foi feliz para sempre.

Numa outra vida passada mais recente o marido da Sofia da vida atual estava meio que prometido em casamento para uma moça, arranjo das famílias que eram amigas, mas ele não queria. Ele conheceu a Sofia e acabou se casando com ela. A moça para a qual ele estava prometido era essa que agora mandou fazer o trabalho contra a Sofia e já naquela vida ela mandou fazer um feitiço para os separar, para a Sofia sumir, tentou de tudo sem resultado até que ela acabou enlouquecendo e morreu louca.

A mãe-de-santo que fez o feitiço agora contra a Sofia é a mesma pessoa que fez o feitiço para ela nessa vida passada e esse imbróglio todo envolvendo casamento e magia abriu aquela frequência da vida em que a Sofia era feiticeira e atraiu para junto dela o espírito da mulher e da criança que ela matou com feitiço e do marido dela, o senhor feudal com quem a Sofia se casou e que depois de morto foi que descobriu toda a manipulação dela e se arrependeu. Com eles veio a brecha kármica para ela ser vítima de feitiço. Obliviamos os três espíritos, os encaminhamos para reencarnação e fechamos a frequência. Fizemos uma limpeza na consulente e a encaminhamos em desdobramento para tratamento num hospital no astral onde vai ficar alguns dias.

Casos de depressão profunda, principalmente com tendência suicida geralmente estão ligados a obsessão, às vezes complexa, e à presença de espíritos depressivos e suicidas junto da pessoa e o tratamento unicamente com medicamentos, sem um tratamento espiritual adequado, não surtem efeito.

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page