top of page

Ansiedade

Atualizado: 3 de abr. de 2023

Conforme dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) o Brasil tem a maior taxa de transtorno de ansiedade do mundo e é o quinto em casos de depressão. Segundo as estimativas da OMS divulgadas em 2020 9,3% dos brasileiros tem algum transtorno de ansiedade e 5,8% possuem depressão. Considerando que a população do Brasil passa de 211 milhões, segundo os dados divulgados nesse ano de 2023, são mais de 19 milhões de pessoas sofrendo de ansiedade. É claro que a causa da ansiedade nem sempre tem a ver com questões espirituais, as dificuldades materiais influenciam muito, mas uma grande parte desses casos tem uma causa espiritual.

Atendemos uma mulher que sofre de ansiedade muito forte desde a infância e que tinha a sensação de que alguma coisa ruim aconteceria com ela. Na juventude sofreu dois acidentes automobilísticos e num deles quase morreu queimada. Depois disso a ansiedade piorou muito, ela faz uso de medicação ansiolítica, mas relata que tem dias em que já acorda com muita ansiedade e pânico.

Essa mulher teve uma vida passada na qual era filha de uma família rica e aristocrata na Europa, ela tinha tudo que o dinheiro podia comprar e foi criada com muito luxo e amor pelos pais, com viagens de lazer por outros países, professores particulares, etc. Era uma jovem linda e quando debutou já foi acertado seu casamento um um jovem de família igualmente importante, que ela aprovava e fazia gosto. Ela já planejava seu futuro e os preparativos do casamento, estava com 18 anos de idade, quando sofreu uma tentativa de assassinato.

A moça foi brutalmente espancada com um pedaço de pau, lhe bateram na cabeça, ela desmaiou, e ainda lhe bateram no corpo. O assassino só parou porque achou que ela estava morta, mas ela não estava. Foi encontrada ainda com vida e sobreviveu, mas com sequelas seríssimas, ficou sem conseguir falar e paralisada em uma cama por nove anos até morrer. Nesse tempo o casamento foi cancelado e o noivo se casou com outra moça. Ela já nasceu sintonizada nessa frequência de vida passada porque os pais dela na vida atual são os mesmos dessa vida passada, estava sintonizada no período em que ficou acamada, por isso tinha muita ansiedade e temor de que algo ruim lhe acontecesse.

Mas a história não acaba aí. Na vida atual ela foi se consultar com uma cartomante que lhe disse que haviam feito um trabalho de magia para separar ela do namorado e que tinha que desfazer, o que ela concordou e pagou. Depois de um tempo a tal cartomante que também é mãe-de-santo ligou para ela várias vezes pedindo mais dinheiro, que ele se recusou a dar. A mãe-de-santo indignada fez um trabalho de magia para separar a moça do namorado, que hoje até é marido dela.

Abro um parênteses aqui para reforçar o que já dissemos em várias postagens que esse procedimento é quase que padrão em pessoas inescrupulosas que trabalham com magia e feitiços, eles sempre dizem que tem um trabalho feito para a pessoa que tem que ser desfeito. Em muitos casos de fato existe um trabalho, mas em muitos outros não existe, é um artifício para a pessoa sentir medo e contratar o contrafeitiço. Nesse caso essa situação é tipo o Gato de Schrödinger, tinha e não tinha um trabalho para separar ela do namorado.

Na vida passada em que foi brutalmente espancada e morreu anos depois em decorrência disso a pessoa que a atacou foi um tio dela, porque queria casar a filha dele com o noivo da sobrinha, por questões política e financeiras, em resumo, por desejo de poder. Imagine você acamado sem poder falar nem se mexer sendo visita pelo seu assassino sem poder externar isso, mas enfim, esse tio dela estava no astral e a obsidiava, pois ele se alimentava do medo dela, da ansiedade que ela sentia quando o via.

E antes de apelar para a violência e tentar matar a sobrinha ele apelou para a feitiçaria, mandou fazer um trabalho para separar ela do noivo, depois para ela morrer, e como nenhum deu certo e o casamento da sobrinha estava próximo ele resolveu agir diretamente e tentou matar a sobrinha. Não conseguiu na hora mas o plano dele deu certo pois ela ficou acamada e ele casou a filha dele com o noivo da sobrinha.

E para aumentar a desgraça dessa mulher entra em cena a mãe-de-santo que por não receber mais dinheiro fez um feitiço para que ela se separasse do namorado, para ter que voltar a procurá-la pedindo ajuda para ele voltar. Mas e o suposto trabalho de magia para separar ela do namorado e que a tal mãe-de-santo viu e que teria desfeito? Ela viu e não viu e desfez e não desfez.

Acontece que a feiticeira que fez os trabalhos para a moça se separar do noivo e morrer na vida passada, adivinhem, foi essa mesma mãe-de-santo. Então na vida atual ela pode ter visto o trabalho que ela mesmo fez na outra vida ou pode ter inventado, e ela agora ao não desfazer o que ela não viu pode na verdade ter desfeito o que ela tinha feito na outra vida, explica essa Schrödinger! Isso até a mãe-de-santo pedir mais dinheiro para a mulher e não receber, aí ela fez um trabalho de magia que reativou os que ela tinha feito na vida passada, o que com a energia ruim do tio assassino junto da mulher, provocou os acidentes automobilísticos em que ela quase morreu em um deles.

Para tirar o gato da caixa tivemos que desconectar a mulher dessa frequência de vida passada, a mãe dela também estava desdobrada nessa frequência lamentando o destino da filha, também apagamos a mente do tio que a obsidiava, e ainda recolhemos outros 11 espíritos de familiares dela daquela vida que estavam na frequência, que depois fechamos. Desmanchamos os trabalhos de magia feitos contra ela nas duas vidas pela mesma mulher, que atualmente é a mãe-de-santo, e limpamos o marido dela que estava enfeitiçado para a trair, para procurar outras mulheres, também obra de feitiço da mãe-de-santo. Um caso de ansiedade que se revelou uma novela trágica, com feitiços e assassinato.


Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page