top of page

Alma gêmea

Atualizado: 17 de out. de 2023

Muitas pessoas desejam encontrar sua alma gêmea, principalmente as mulheres que são mais românticas que os homens de modo geral. Quando nos relacionamos com outra pessoa criamos ligações energéticas com ela e no caso de um relacionamento amoroso deveria ser uma ligação de amor, mas nem sempre os relacionamentos dão certo, às vezes duram muito tempo, as vezes pouco, mas enquanto foi bom criou essas ligações energéticas positivas.

Por isso quando encontramos uma pessoa com a qual nos relacionamos em vida passada essas ligações energéticas positivas são as primeiras que sentimos, pois a frequência dessas energias é alta e elas "chegam primeiro". Com o decorrer do tempo e o convívio, porém, outras energias que geramos nessa vida passada com a pessoa aparecem e com elas as desarmonias. O desejo de encontrar sua alma gêmea e uma mediunidade não desenvolvida criaram para uma mulher, que vamos chamar de Maria, uma situação muito desagradável.

Maria tem mediunidade desde tenra idade e disse que conseguiu controlar com tratamento espiritual. Aqui faço uma observação, a mediunidade é um efeito de karma, é um defeito em algum de nossos corpos sutis ou tela etérica e o tipo de controle que ela buscou, assim como muitas pessoas, é bloquear, a pessoa não quer ver, ouvir ou sentir os espíritos e em alguns locais eles fazem trabalhos de magia para bloquear a mediunidade, mas a mediunidade não desaparece, geralmente a pessoa fica presa a alguma entidade sendo vampirizada e mais cedo ou mais tarde eclode novamente totalmente sem controle.

Mas enfim, ocorre que aos 27 anos Maria teve uma revelação em sonho de um rapaz que teria sido seu esposo em sua última vida passada que ela imaginou que seria sua alma gêmea e que se reencontrariam na vida atual. O rapaz realmente existe e mora numa cidade próxima de Maria, ela soube em sonho o nome dele e até a profissão dele. Mas o sonho logo se transformou em pesadelo porque Maria descobriu que o rapaz iria se casar. Maria ficou totalmente transtornada e mesmo sem ter tido nada com o rapaz, que nem sabe que ela existe, ficou com muito ódio dele e da moça que veio a ser a esposa dele. Maria adoeceu e surgiram nela vários problemas de saúde que os médicos não conseguem resolver e ela relata que é perseguida em sonhos pelo rapaz e sua esposa; já fez apometria para perdoá-los, não foi conosco, sem resultado. Maria também relata sentir um enorme vazio emocional decorrente de toda essa situação.

Para entender a situação da Maria vamos voltar no tempo até o século XVII numa vida passada em que o rapaz que ela acreditou ser sua alma gêmea era um estrangeiro que veio de outro país estudar medicina em Londres, na Inglaterra, cidade na qual Maria vivia, ela era uma moça simples de família humilde que trabalhava fazendo limpezas e serviços gerais, os dois se conheceram e começaram a namorar, ela com a esperança de que depois de formado o jovem médico a desposaria e restauraria sua honra, pois eles namoraram por quatro anos e a virtude de Maria não resistiu.

O rapaz entretanto, apesar das promessas de casamento e de usufruir da companhia de Maria, nunca teve intenção de se casar com ela, ele era de uma família rica e tinha inclusive uma moça lhe esperando para se casar e Maria era uma moça humilde da qual ele usufruiu enquanto estudava. Quando ele se formou e disse que voltaria para seu país de origem ele prometeu a Maria que voltaria para buscá-la e ele até aceitou que ela fizesse um feitiço caseiro para garantir que ele voltaria, ela pegou pedaços de roupas dos dois e juntou com o sangue deles e fez uma espécie de patuá, mas ele deixou ela fazer para a tranquilizar pois ele sabia que não voltaria.

Chegando em seu país de origem ele se casou com uma moça que era sua prometida e o jovem casal veio se aventurar no novo mundo, emigraram para o Brasil. Maria ficou esperando seu amado voltar a vida toda imaginando mil coisas, fez muitas orações, simpatias e promessas para ele voltar, mas só depois de morta é que ela descobriu que ele nunca teve intenção de voltar e muito menos de desposá-la. E agora, séculos depois, ela recebe uma revelação em sonho de que sua alma gêmea vive próximo dela, mas isso só lhe gera desgosto e doenças.

Vamos começar com essa revelação que ela teve em sonho. Naquela vida passada ela fez muitas orações, promessas e simpatias para o rapaz voltar para ela e um espírito que vagava por perto dela pegou o serviço, se propôs a ajudar ela, manteve nela a esperança de que o rapaz voltaria, sugou muita energia dela naquela vida, e agora esse mesmo espírito a encontrou reencarnada e com mediunidade. E o que ele fez sob o pretexto de a ajudar? Revelou a ela em sonhos sobre o rapaz que morava perto dela, mesmo sabendo que ele já era comprometido e que nem na outra vida queria ter algo sério com a Maria.

Esse sonho conectou ela com aquela frequência de vida passada, inicialmente como ela mesmo disse achando que eles eram almas gêmeas ela se conectou com a fase em que eles namoravam e faziam planos, mas quando ela soube que ele iria se casar se conectou com a fase após a morte em que descobriu que ele havia se casado com outra e que nunca teve intenção de desposá-la. E a consequência é que ela passou a obsidiar o casal, não são eles que a perseguem em sonho, Maria é quem perturba os dois, cobrando dele por não ter se casado com ela e acusando a esposa de não ser legítima, dizendo que ela é quem deveria ser a esposa do rapaz e desejando que os dois se separem.

O tal espírito que supostamente iria ajudá-la só queria reativar o vínculo que tinha com ela daquela vida pelas orações e promessas para lhe sugar energia. Nós obliviamos o espírito e o encaminhamos para reencarnação, desmanchamos o feitiço caseiro que ela fez com os patuás e cortamos a ligação energética entre ela e o rapaz. Ainda descobrimos que o cisto que ela tem é a contraparte física de três espíritos que estavam grudados nela, de três abortos que o próprio rapaz fez nela naquela vida passada. O espíritos foram retirados da Maria numa cirurgia feita por nossa equipe espiritual e os três foram encaminhados para reencarnação.

Vejam quantos desencontros e sofrimento envolvido nessa história devido a uma crença em almas gêmeas e a mediunidade não desenvolvida. Não existe alma gêmea de ninguém, o que temos de vidas passadas são relacionamentos que deram mais ou menos certo e que mesmo assim não significa que dariam certo na vida atual, pois os espíritos mudam e seus interesses também.

Posts Relacionados

Ver tudo

Cura Gay

コメント


bottom of page