top of page

Vídeos satisfatórios

Você sabe o que são vídeos satisfatórios? Um vídeo satisfatório é qualquer vídeo que te causa uma sensação boa, te faz relaxar, acalma sua mente. Pode ser algum vídeo com um som agradável, alguém fazendo alguma atividade qualquer como jardinagem, artesanato, maquiagem, culinária, etc. Geralmente esses vídeos mostram um processo que nos agrada assistir, e esse processo tem a ver com nossas preferências pessoais, para mim por exemplo aparece muitos vídeos de reforma de ferramentas e máquinas, artesanato e construção em geral. Os que aparecem para mim geralmente não tem ninguém falando nada, tem alguma música leve de fundo ou o barulho da atividade que está sendo executada. É como se estivéssemos vivenciando o que se passa no vídeo e isso nos causa um sentimento de satisfação, é algo prazeroso e relaxante.

Esses vídeos são muito assistidos na internet e já surgiram até estudos sobre isso, se chama Resposta Sensorial Autônoma do Meridiano (ASMR), porque esses vídeos estimulam certas áreas do cérebro que tem a ver com o sentimento de gratificação e seria uma forma de combater o estresse e tensão do dia-a-dia, a mente está agitada devido a um monte de coisas, trabalho, contas, problemas a resolver, e se permite um tempo assistindo algo prazeroso, que vai lhe causar um sentimento de satisfação, para relaxar. Apesar desses estudos não se sabe ainda ao certo quais áreas exatamente do cérebro são ativadas e nem a causa, mas essas são as hipóteses com as quais estão trabalhando. O termo equivalente em inglês do vídeo satisfatório é oddly satisfying (estranhamente satisfatório) e as buscas por esse termo no Google aumentaram muito nos últimos 20 anos. Fiz uma busca agora por oddly satisfying e o resultado foi: Aproximadamente 113.000.000 resultados (0,36 segundos).

Atendemos o caso de uma cliente nossa passou a assistir no final do ano passado esses vídeos satisfatórios, e que o que ela estava assistindo eram vídeos de pessoas espremendo cravos no rosto de outras pessoas. Eu acho meio nojento, mas tem gente que gosta, minha esposa inclusive teve um tempo que assistia muito esses vídeos de gente espremendo cravos. A questão é que depois de uns meses assistindo esses vídeos começaram a aparecer cravos no rosto dessa nossa cliente e ela relata que nem na adolescência teve cravos, hoje ela é uma mulher madura, e nos pediu para investigar porque sua intuição lhe avisou que tinha alguma coisa aí, e tinha mesmo.

Ao nos conectarmos com a situação a médium foi transportada para um local no umbral onde havia nada menos que dois milhões de espíritos espremendo cravos uns dos outros, só que não era só no rosto, era por todo o corpo, era uma cena dantesca. E o que essas pessoas viam como cravos na realidade eram pequenas larvas astrais que estavam comendo os corpos astrais deles, quando espremiam uma dessas larvas do corpo de alguém ela saía carregada de energia, de ectoplasma, e eram recolhidas por cerca de 500 espíritos desencarnados que trabalhavam nessa fazenda, sim pois para eles aquilo era uma fazenda de larvas, como se fosse uma fazenda de minhocas. Quando a pessoa assiste um vídeo desses e entra na vibe acaba sendo desdobrada para esse local, é vampirizada pelas larvas e depois volta para o corpo sem ter a mínima ideia do que aconteceu.

Como eram muitos encarnados para poucos desencarnados, uma proporção de 4.000 para 1, já deduzi que o dono da fazenda estava vendendo essas larvas astrais energizadas e de fato ao conversar com o responsável ele revelou que vendia já para três cidades umbralinas e estava negociando com uma quarta cidade. As três cidades que ele abastecia com essas larvas astrais ficam na Eurásia, uma delas fica no astral da Turquia e as outras nos arredores. A que fica sobre a Turquia é a mais populosa, tem cerca de 700.000 espíritos, as outras duas uma em 600.000 e outra 400.000 habitantes desencarnados. Esse negócio é recente, o fazendeiro das larvas está morto há uns 10 anos apenas e era esteticista em algum lugar da Ásia. Ele trocava as larvas por outras energias ou por áreas nessas cidades para exploração de encarnados, também por imóveis nessas cidades, aliás ele pretendia ser o dono de uma delas e conseguiria se não tivéssemos terminado com seu negócio. O fazendeiro de larvas astrais e seus mais de 500 empregados foram realocados num outro empreendimento bem ao estilo das novas tecnologias, praticamente um reality show, onde você começa sem nada e tem que conseguir as coisas, chama-se reencarnação.

Quanto às cidades que ele abastecia elas estavam muito bem de energia, nem pareciam umbralinas, era tudo limpo e iluminado, e vão permanecer assim algum tempo, mas aos poucos vão decair vibratoriamente e se situar num nível do umbral compatível com a energia de seus habitantes. Vão ficar apenas com a energia obtida pelas vias convencionais, que é o contato dos desencarnados que moram ali com pessoas encarnadas, amigos e familiares, algumas pessoas que vão em busca de sexo ou drogas.

Posts Relacionados

Ver tudo

Comentarios


bottom of page