• Gelson Celistre

Gamer

(Publicado originalmente no blog Apometria Universalista em 18/2/2020)


Os seres "fora da lei" que vivem na dimensão astral usam das mais variadas e criativas técnicas para obter a energia que nós seres "encarnados" produzimos, que basicamente é o ectoplasma, mas também nossa energia mental e emocional. Há alguns anos atrás já havíamos encontrado um ser que se alimentava da energia de gamers e relatamos o caso no post Kratos. Recentemente nos deparamos com uma situação mais bizarra ainda quando encontramos o espírito de um gamer, vivendo dentro de jogos virtuais.

Este espírito vivia literalmente dentro de jogos virtuais na internet. Vivia a vida dos personagens, passava de um jogo para outro na internet e interagia com os jogadores durante os jogos, ajudando uns a passar de fase e fazendo outros cometerem erros para não conseguirem ir adiante. Ele acreditava estar vivo e na mente dele aconteceu algo semelhante ao que vemos no filme Jumanji - Próxima fase, onde os jogadores são puxados para dentro do jogo. Inclusive ele acreditava que podia voltar ao mundo real quando quisesse.

Ele até se sentia feliz, disse que podia trocar de jogo, ir à fase que quisesse, que nunca morria, etc. Inicialmente tive que esclarecê-lo de que estava morto, o que ele não acreditou, e então o fiz lembrar do momento da morte. Ele tinha 16 anos quando foi induzido por um obsessor a cometer suicídio. Era um garoto introvertido, jogava o dia todo, não interagia com as pessoas, se aborrecia com facilidade, não queria ser contrariado, enfim, pegou o revólver do pai, enfiou o cano na boca e disparou.

Numa vida passada o garoto escravizava pessoas e esse obsessor foi um que ele escravizou, o encontrou encarnado, queria vingança e iria aprisioná-lo após a morte, mas imediatamente após a morte ele foi puxado para este mundo de games virtual e passou a viver ali. O obsessor que o induziu ao suicídio nem conseguiu vê-lo mais.

Mas vimos que esse espírito gamer era manipulado sem o perceber por outras entidades, seres que se alimentam de nossas emoções, por isso estavam explorando esse universo virtual de games, pois os jogadores desprendem muitas emoções durante os jogos.

Eles tinham 17 satélites orbitando a terra na dimensão astral que funcionavam como uma espécie de bobinas, recolhendo a energia emocional retirada dos gamers e enviando de volta para a Terra para criar desarmonia e induzir as pessoas a agir como nos games, gerando lutas, mortes, destruição, etc.

Esse complexo de satélites era operado de dentro de uma grande nave espacial, em formato de disco e que estava no espaço próximo do nosso planeta. Inicialmente tentaram se mostrar como "mestres ascencionados", com aquelas caras de "Arcanjo Miguel" que comumente se encontra na internet, mas era uma máscara pois esses seres são de uma raça insectoide parecidos com formigas.

Nossa equipe espiritual prendeu os seres e desativou os satélites. Para esses insectoides a Terra era como um viveiro onde cultivam seu alimento e o que estavam fazendo com esses satélites era apenas aumentar a produtividade. Assim como nós criamos animais e lhes injetamos hormônios e os alimentamos de modo a produzirem mais, eles faziam o mesmo conosco, só que o alimento deles são os nossos sentimentos, sejam bons ou ruins, e quanto mais produzirmos isso melhor para eles.

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Roblox

Game over