• Gelson Celistre

A bruxa da floresta

Era uma vez uma bruxa má que morava numa floresta, ela era muito temida por todos que a conheciam, inclusive o senhor feudal que era dono da floresta onde ela morava. A bruxa da floresta estava velha e feia, era totalmente careca, tinha o rosto todo enrugado e unhas compridas e retorcidas. Ela fazia qualquer tipo de feitiço, usando animais e plantas da floresta, e durante sua vida matou com feitiços mais de 100 pessoas.

O senhor feudal que era dono da floresta queria acabar com essa bruxa mas temia que se a mandasse matar ela o amaldiçoaria, então ele arquitetou um plano, encontrou uma bela jovem, uma camponesa que era vassala dele e cuja família já tinha sido vítima de um feitiço da velha bruxa, e a convenceu a ser aprendiz da bruxa da floresta, aprender o suficiente para poder matá-la e prender seu espírito para que não se vingasse deles. A camponesa topou e colocaram o plano em ação.

A bruxa da floresta já estava velha e precisava de uma ajudante, além disso ela pretendia roubar a vitalidade da jovem e sua beleza com seus feitiços, por isso aceitou que a moça fosse sua aprendiz, apesar de desconfiar dela a princípio. Mas a camponesa ganhou a confiança da bruxa da floresta e quando achou que tinha aprendido o suficiente com ela, a matou por envenenamento e fez vários feitiços para aprisionar o espírito da bruxa no astral. Após a morte da bruxa a camponesa assumiu o lugar dela como bruxa da floresta, atendendo principalmente os desejos do senhor feudal a quem servia e que arquitetou o plano para eliminar a velha bruxa, mesmo assim provocou a morte de 21 pessoas com seus feitiços.

Alguns séculos depois a camponesa que se tornou a bruxa da floresta reencarna, sua vida atual, com algumas sequelas daquela vida. Nasceu com alopecia androgenética, calvície, suas unhas ficam finas e tortas e tem problemas intestinais. Está se tratando há anos sem melhora e segundo os médicos a alopecia não seria a causa da queda e destruição dos seus cabelos da forma tão intensa que está ocorrendo com ela há cerca de 16 anos. Ao sintonizar com a situação logo nos deparamos com a bruxa da floresta, aquela que a camponesa matou e aprisionou no astral.

O feitiço de aprisionamento que a camponesa fez contra a bruxa da floresta foi tão bem feito que ela ainda estava presa no astral, só não foi um feitiço perfeito porque a bruxa ficou conectada com ela e passados esses séculos conseguiu se aproximar bem da camponesa que está encarnada e sintonizou com essa frequência. A primeira coisa que a bruxa disse quando conversou comigo foi: - Ela não queria ser como eu? Então ela vai ficar!

O procedimento padrão para fechar a frequência é apagar a mente dos espíritos envolvidos, no caso a bruxa e a camponesa, e recolher os espíritos que estão presos na frequência, havia 78 que foram vítimas da bruxa e 12 que foram vítimas da camponesa. Também desmanchamos os feitiços de aprisionamento da bruxa.

Ao aprisionar a bruxa da floresta a camponesa que virou bruxa agregou a si a energia da bruxa, consequentemente o bolsão de espíritos que a bruxa matou também ficaram conectados com a camponesa, além dos que ela mesma matou com seus feitiços, e foi de forma tão intensa que nasceu com uma doença genética, a alopecia, pois devido a estar conectada com a bruxa há vários séculos isso afetou seu DNA.

521 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Mago negro