• Gelson Celistre

O mestre do Osho

Numa postagem em nosso blog Apometria Universalista intitulada Osho e a migração interplanetária, de 3/7/2014, revelamos um pouco sobre a vida e morte do guru vigarista Osho e agora oito anos depois de termos o enviado para o exílio nos deparamos com um mago negro que foi mestre do Osho e que lhe ajudou enquanto ele estava vivo, mas que se afastou dele após sua morte pois não lhe era mais útil.

Esse mago negro era indiano e especializado em manipulação de energia sexual e enquanto Osho era vivo tirava uma parte da energia que era vampirizada dos discípulos para ele. Originariamente ele era um espírito que vivia na Europa Oriental, mas seus pais emigraram para a Índia fugindo de guerras ainda na Idade Antiga e ele nasceu lá, queria muito ser aceito e passou a estudar a filosofia indiana.

Foi um guru tântrico nessa sua primeira vida na Índia e em várias outras que se seguiram, até que aprendeu a se manter no astral sem reencarnar, através da vampirização de pessoas encarnadas, principalmente extraindo delas sua energia sexual. Está sem reencarnar há mais de mil anos e com a morte do Osho em 1990 ele já havia escolhido um sucessor, uma pessoa que era próxima do Osho, para captar discípulos. Esse sucessor logo após a passagem do Osho já se iluminou e alguns anos depois já se apresentava como Baba (santo) e criou centros de meditação na Europa e no Brasil.

Na dimensão astral acima de cada um desses retiros de meditação havia um trono onde o mago negro se sentava para extrair a energia dos frequentadores desses retiros de meditação e práticas tântricas, que na prática são apenas orgias sexuais de pessoas que se imaginam em contato com algo divino porque estão fazendo sexo com e na presença de um pretenso iluminado.

Esse mago negro também retirava energia de outros locais onde ainda se cultua o Osho e no total estava conectado há mais de um milhão de pessoas encarnadas e o local onde armazenava a energia que coletava dessas pessoas ficava na Índia, sob as ruínas de um templo antigo. O mestre do Osho teve a mente apagada e foi desconectado das pessoas encarnadas às quais estava conectado. A energia que ele armazenava nesse templo na Índia foi dispersada e os tronos que ele tinha sobre os retiros foram destruídos.

Como medida sócioeducativa, esse mago negro vai ser enviado para um outro planeta onde vai viver pelo menos umas 10 vidas, com a finalidade de amenizar a energia sexual dele e seu potencial de dominação. Detalhe, nesse planeta a matéria equivale ao nosso astral, ou seja, se fosse aqui seria como na dimensão astral, algo tipo o umbral, então as energias não são tão fortes quanto aqui na dimensão física, mas a longevidade é maior.

A vida média das pessoas que vivem nesse outro planeta é de uns 200 anos se comparado com a nossa escala de tempo terrestre e o nível tecnológico em que se encontram equivaleria a nossa Idade Antiga, são pequenas comunidades predominantemente agrícolas e pastoris onde o senso coletivo é muito forte, tudo é decidido em grupo. Quando ele se reequilibrar energética e mentalmente, que vai demorar como dissemos pelo menos umas 10 vidas, ele vai ser trazido de volta para a Terra para seguir seu caminho por aqui.


513 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tabagismo