top of page
  • Gelson Celistre

Mercado financeiro

(Publicado originalmente no blog Apometria Universalista em 10/3/2022)


Muita gente sonha em ganhar dinheiro no mercado financeiro, investindo em ações, fundos, e existem muitas corretoras e pessoas que oferecem opções de investimentos, plataformas que prometem otimizar os ganhos do investidor, tem até coaching financeiro que garante que o cliente vai obter lucros fantásticos, enfim, ganhar dinheiro sem fazer esforço é o sonho de muitos investidores, principalmente dos traders.

Atendemos um cidadão com a seguinte situação: "Apesar de já contar hoje 25 anos de experiência no mercado financeiro, tenho às vezes a impressão de que para mim é impossível ganhar dinheiro nele... Conheço praticamente todos os meandros relevantes, técnicas e truques do mercado, já fiz curso, programei, desenvolvi uma metodologia que se adapta perfeitamente a minha personalidade e rotina de vida, mas resultados parecem um objetivo impossível. Se analisar o histórico desses 25 anos, sou um perdedor líquido (e sistemático). Tomei a decisão de não desistir em nenhuma hipótese (portanto, morrer tentando, se for necessário)."

O cidadão que nos solicitou atendimento vimos que foi induzido por outra pessoa a começar a investir, provavelmente por algum amigo que é investidor e fica alardeando que ganha muito investindo, e depois disso, quando mordeu a isca, o cidadão passou a ser assessorado por um espírito investidor. Isso mesmo, ele passou a ter uma consultoria personalizada de um espírito com vasta experiência em investimentos, um espírito que quando vivo foi gerente de investimentos em um banco e depois de morto continuou a carreira como coach financeiro.

Todos querem ganhar, mas para que alguém ganhe alguém tem que perder. Se fosse fácil obter lucros fabulosos como querem fazer parecer os que vendem cursos e plataformas de investimentos eles mesmos ganhariam e não precisariam ficar vendendo curso ou o serviço de consultoria, começa por aí. Vou relatar 0 que nós encontramos relacionado ao mercado financeiro na dimensão astral, isso apenas aqui no Brasil.

Alguém ganha com esses investimentos, as instituições bancárias e corretoras pelas taxas e consultorias, alguns investidores também ganham, mas a quantidade de pessoas que obtém realmente lucro com investimentos no mercado financeiro é muito pequena comparada ao número dos que investem. Mas voltando ao espirito investidor, ela induzia o cidadão a investir, dava idéias de criar registros e métodos, e colocava nele a ideia de que não podia desistir, tinha que morrer tentando.

O mercado financeiro pode ser comparado a uma pirâmide onde quem está no topo lucra e esse lucro é bancado por quem está na base, pois para alguém ganhar alguém tem que perder. Esse espírito investidor era parte de uma legião de espíritos que induzem pessoas a investir, as pessoas da base da pirâmide. Havia uma hierarquia nessa pirâmide, no topo havia alguns espíritos e abaixo deles alguns milhares que administravam algumas dezenas de milhares que no total perfaziam mais de um milhão de espíritos dedicados a fazer as pessoas investirem.

Aí alguém pode estar perguntando: o que um espírito quer com dinheiro? Esse que estava com o cidadão que atendemos era viciado em investir, nunca ganhou nada em vida mas era compulsivo, é como um alcoólatra ou dependente químico quando morre, continua querendo satisfazer seu vício, e havia muitos outros como ele. Outros tantos eram contratados, o sujeito trabalha com finanças em vida, era bancário ou algo do tipo, e queria muito ser rico, então depois de morto segue trabalhando para os bancos na esperança de que quando reencarnar vai ser recompensado. Sem contar que estando ao lado de um encarnado eles o vampirizam, então tem energia. Os espíritos que estavam no topo da pirâmide são pessoas que foram muito ricas que já morreram e estão preparando seu retorno numa ótima condição financeira. Estavam conectados com alguns milionários tupiniquins, de quem poderiam nascer como descendentes, e para quem direcionavam o lucro dos perdedores da base da pirâmide. Os espíritos intermediários nessa pirâmide eram a classe média, tinham a promessa de ter uma boa renda numa vida futura trabalhando para os da classe alta esses servindo a elite financeira. Com certeza muitos investidores sentiram um certo vazio pois nós retiramos todos os espíritos envolvidos nessa pirâmide e os encaminhamos para reencarnação, não onde gostariam, mas onde o karma deles determinou.

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page