top of page

Limpeza energética de imóvel em condomínio

Semana passada fizemos dois atendimentos de limpeza energética de imóveis localizados em condomínios que ficam no interior do estado de São Paulo e os dois casos foram muito interessantes. Para quem quiser ler sobre outros atendimentos desse tipo basta acessar nosso site, temos uma categoria de posts chamada Limpeza energética. Mas vamos a esses atendimentos recentes.

Num dos casos um casal comprou um lote num condomínio e começaram a construir uma casa, só que no meio da obra o arquiteto abandonou o projeto, o casal se desgostou e desistiram do projeto, não conseguiram finalizar a obra e resolveram vender a casa ainda em construção. Também relataram que depois que começaram a construir a casa o casamento teve muita desarmonia. No condomínio em que compraram o lote os nomes das ruas são todos de títulos de nobreza, tipo avenida imperial, alameda das baronesas, dos príncipes, dos infantes etc.

Até aí nada demais, muitos condomínios ou bairros usam nomes relacionados a alguma temática específica, nomes de árvores, de flores, de estados etc. O interessante é que na dimensão astral esse bairro foi idealizado por um grupo de espíritos que possuíram títulos de nobreza no período colonial do Brasil e eles só querem que more nesse condomínio pessoas que tiveram um título de nobreza em vida passada ou que sejam descendentes de uma família que teve algum nobre entre seus antepassados recentes.

Quando alguém ia comprar um terreno nesse condomínio os espíritos desse grupo de espíritos da nobreza, que eram sete barões e três condes, acompanham as negociações no astral e verificam o passado dos compradores, se não se encaixar no padrão, se não for na nobreza, eles nem permitem a compra, já atrapalham as negociações para que a pessoa nem compre o lote. E um dos barões que conversou comigo disse que a mulher do casal não era da nobreza e por isso eles não permitiram que eles terminassem a casa, pois não a queriam morando ali.

Perguntei a ele então porque permitiram que eles comprassem o lote e aí o barão me disse o seguinte: que quando o casal comprou o lote foi verificado por eles no astral que o homem é descendente de uma família da nobreza, então eles se qualificaram para a compra, porém, depois que já haviam comprado o lote um dos moradores do condomínio reconheceu a mulher como sendo uma serviçal dele numa vida passada e os procurou para reclamar.

Esse morador foi um nobre português numa vida passada e por isso ele se recusou a aceitar a mulher do casal que comprou o lote como vizinha dele no condomínio e exigiu que ela não morasse lá, por isso os espíritos da nobreza atrapalharam o término da obra, fizeram o arquiteto abandonar o projeto, e fizeram com que o casal perdesse o desejo de morar nesse condomínio. Nós obliviamos os espíritos da nobreza e os encaminhamos para reencarnação.

No outro caso também um casal comprou um lote num condomínio e o homem sempre que ia lá se sentia mal, ele tem alguma sensibilidade mediúnica e sentiu que a energia no local apesar de ter muitas áreas verdes, lagos, uma bela natureza, não estava lhe fazendo bem. Esse condomínio é muito grande e foi feito em parte da área de uma antiga fazenda que existia desde o período colonial e usavam mão-de-obra de pessoas escravizadas.

Mais uma vez nos deparamos com espíritos que acreditam ser da elite querendo recriar seus pequenos mundinhos aqui no físico, materializando em condomínios seus desejos de grandeza. Só que esses espíritos apesar de muito maiores em número, eram mais desorganizados. Somente depois que o casal comprou o terreno foi que identificaram que o homem numa vida passada foi um negro escravizado nessa fazenda que existia no local e então começaram a fazer ele se sentir mal lá para que vendesse e não fosse morar lá.

Encontramos mais de 600 espíritos, proprietários e parentes de três gerações da família que era proprietária da fazenda que existia ali e mais de 200 espíritos de negros escravizados literalmente enterrados no local. Os antigos proprietários da fazenda e seus parentes foram encaminhados para reencarnação, os negros escravizados estavam tão mal que foram encaminhados para um hospital para tratamento.

Dois exemplos de como os espíritos interferem em nossas vidas e de como aqueles que tiveram privilégios ainda tentam preparar um local de nascimento onde possam ter privilégios

Posts Relacionados

Ver tudo

Caruru

Comments


bottom of page