top of page
  • Gelson Celistre

Limpeza de ambiente

Atualizado: 13 de dez. de 2022

(Publicado originalmente no blog Apometria Universalista em 1/12/2021)


Na postagem Limpeza espiritual ou energética já abordei essa questão da limpeza energética, tanto pessoal como de ambientes, mas hoje fizemos uma limpeza de ambiente onde apareceu um componente interessante. Trata-se da limpeza de um apartamento, o imóvel é alugado, mas está à venda, onde aconteceram alguns fenômenos poltergeist, como TV ligando sozinha, aparecimento de luzes no escuro, luz apagando sozinha, a moradora sente enjoo, mal-estar, dores no corpo, medo, ansiedade, etc.

A moradora do apartamento havia solicitado uma limpeza do ambiente para uma terapeuta holística que fez a limpeza com ervas, palo santo, etc. Na hora dessa limpeza um bebê filho da moradora teve uma crise de choro intensa, a moradora também não se sentiu bem após essa limpeza.

O que descobrimos é que uma pessoa da família do proprietário do imóvel não quer que ele seja vendido pois quer que ele fique como herança na família, é um apartamento muito bom e bem localizado e essa pessoa não quer que o proprietário venda e gaste o dinheiro, quer herdar esse imóvel, que estava há muito tempo para aluguem e venda sem aparecer interessados antes desse moradora o alugar. Essa pessoa interessada em herdar o imóvel procurou uma cartomante e fez um feitiço para que o imóvel não fosse vendido e que ninguém o alugasse. Estava dando certo até essa moradora o alugar há alguns meses.

No apartamento havia um espírito de baixa vibração que foi contratado para ficar ali perturbando o ambiente e provocando mal-estar nos moradores. A tal cartomante que fez o feitiço trabalhava com o espírito de uma cigana que tinha muitos contatos no astral e ela terceirizou essa atividade contratando esse espírito que estava no apartamento, que vivia no baixo umbral e que de vez em quando pega uns serviços como dessa natureza. Esse espírito inclusive em sua última encarnação também era cartomante, fazia benzeduras e pequenos trabalhos de magia.

Vimos que quando a tal terapeuta holística estava fazendo a limpeza dela com incenso e ervas esse espírito ficou com raiva do atrevimento da moradora em tentar tirá-lo, por isso se aproximou da criança e a fez chorar para atingir a mãe. Era um espírito sem muita força ou conhecimento, apaguei a mente e despachei. Puxei a cigana que trabalhava com a cartomante, que já chegou dizendo que estava só fazendo o trabalho dela, também apaguei a mente dela e queimei o feitiço que havia sido feito, e aí sim fizemos uma limpeza para retirar as energias densas do apartamento

Foi aí que nos deparamos com algo interessante. Em vários locais da casa o médium viu algumas baterias, como baterias de carro, que era de onde o espírito tirava a energia para provocar os efeitos poltergeist. Aquele espírito mequetrefe não teria condições de criar essas baterias e muito menos a cigana, então fui atrás de quem criou.

Descobrimos que a cigana comprou essas baterias de um sujeito que tinha uma lojinha no astral, um negócio pequeno bem ao estilo das lojinhas do beco diagonal, que ficava na periferia de uma cidadela umbralina que fica sobre a cidade de Frankfurt na Alemanha. Conversando com o proprietário da loja, que era um sujeito tipo Professor Pardal, um gênio inventivo, ficamos sabendo que ele tem essa lojinha há cerca de 100 anos e ele fabrica vários apetrechos e engenhocas que vende para outros espíritos para os mais diversos fins.

Em sua última existência ele morou na Alemanha e era um carpinteiro faz tudo, já fazia engenhocas para facilitar diversos tipos de trabalhos e depois de morto continuou fazendo o que sabia. Apesar dos protestos dele dizendo que fazia isso para sobreviver, teve a mente apagada e a lojinha e as engenhocas dele foram destruídas.

Finalizamos a limpeza do apartamento destruindo as baterias e retirando qualquer resíduo de energia negativa no ambiente. Esse caso demonstra bem porque essas limpezas com ervas e incenso são ineficazes, porque mesmo que consigam limpar a energia do ambiente, o que neste caso nem ocorreu, não atuam na causa, que como vimos pode ter vários elementos atuando.

30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page