top of page

Homem-aranha

(Publicado originalmente no blog Apometria Universalista em 11/4/2020)


"A vida se manifesta de diferentes formas no universo." Essa foi a resposta que um membro de nossa equipe espiritual me deu quando perguntei se os seres que criaram o homem-aranha eram os mesmos que criaram a humanidade terrestre. O homem-aranha a que me referi não é o personagem dos quadrinhos da Marvel que também ficou famoso no cinema, não, esse de quem eu falo tem o corpo humanoide como o nosso, mas com oito braços. Já nos deparamos com várias raças alienígenas insectoides que possuem um corpo humanoide semelhante ao nosso, mas com esse homem-aranha a impressão que dá é que propositadamente fizeram uma raça híbrida de humanos e aranhas.

Nossa consulente tem medo de aranhas, um verdadeiro pavor conforme nos disse, e a consulta era para tratarmos esse medo. A causa mais óbvia era ela ter tido algum contato com aranhas em vida passada que lhe gerou algum trauma e imaginamos que seria algo como ser picada por uma aranha venenosa que tenha lhe causado muito sofrimento e até a morte.

Entretanto, quando sintonizei a médium com essa energia de medo da consulente, esta se deparou com uma situação bizarra que a consulente vivenciou na dimensão astral, num período intervidas, que era uma mistura do filme O Hobbit: A Desolação de Smaug, quando eles passam pela Floresta das Trevas, com o filme Harry Potter e a Câmara Secreta, quando encontram Aragogue, uma aranha gigante criada pelo Hagrid.

Um homem com uma espada lutando contra uma aranha gigante
Cena do filme O Hobbit: A Desolação de Smaug

A consulente estava escondida num buraco tremendo de medo de uma aranha gigante, numa região densa do astral, uma imensa floresta cercada por montanhas. A quantidade de espíritos nesse local era muito grande, cerca de 500.000, e todos viviam assustados fugindo de aranhas gigantes.

A cena era digna de um filme de terror, pois essas pessoas ficavam o tempo todo olhado ao redor temendo que as aranhas gigantes aparecessem. De repente, milhares de pequenas aranhas apareciam correndo em direção a elas, que se apavoravam e procuravam algum buraco ou caverna para se esconder, pois sabiam que essa invasão das aranhas pequenas prenunciava a chegada das aranhas gigantes.

O pavor que essas pessoas sentiam é indescritível. As pessoas se enfiavam em buracos no chão, em troncos de árvores, os que estavam mais perto das montanhas em pequenas reentrâncias ou cavernas na rocha. É uma cena dantesca que se repetia diariamente. A finalidade das aranhas era provocar o medo, o terror, o pânico entre as pessoas, pois é dessa energia que as aranhas se alimentam, principalmente o homem-aranha de oito braços, o verdadeiro homem-aranha conforme ele mesmo disse.

Esse ser veio de um planeta que pode ser considerado um ninho de aranhas, Um planeta onde a forma de vida inteligente se desenvolveu a partir dos insetos, mais especificamente das aranhas, numa estranha hibridização com seres humanos como nós, por isso perguntei à nossa equipe se tinham sido criados pelos mesmos seres que criaram a nossa humanidade.

O planeta deles é semelhante à Terra, rochoso e com árvores como aqui. Nesse planeta eles possuem diversos grupos de homem-aranhas, como se fossem clãs, que vivem em regiões diferentes do planeta. A altura desses homens-aranhas é mais ou menos como a nossa, uns grupos são mais altos que outros e varia um pouco a estrutura corporal, como as diferenças que temos entre nós humanos, onde algumas raças são mais altas e outras mais baixas, além das variações individuais onde uns são magros, outros gordos, etc.

A raça desse homem-aranha que encontramos aqui no umbral da Terra tem a altura de cerca de 1,30 metros, mais ou menos o tamanho e compleição física de uma criança de uns 10 anos. Esses homens aranhas se alimentam principalmente de ovos de aranhas menores, que eles criam como nós criamos gado aqui para comer.

Mas eles não possuem tecnologia e máquinas como nós, estão num estágio muito primitivo, mas possuem capacidades nos sentidos muito mais aguçadas que as nossas. Lembra o modo de vida dos Na'vi do filme Avatar, pois também vivem numa vibe meio natureba e moram em árvores onde fazem suas casas de teia.

Perguntei a esse homem-aranha que encontramos aqui no umbral da Terra como ele veio parar aqui e ele disse que foi como tantos outros, foi expulso de seu planeta e enviado para cá. No caso dele não o enviaram especificamente para a Terra, ele foi jogado no espaço o mais longe possível para que não pudesse voltar ao seu planeta de origem e acabou caindo aqui.

O homem-aranha disse que eles enxergam muito mais do que nós, ouvem melhor também, pois seus sentidos abrangem uma faixa muito maior do espectro da luz e de frequências sonoras. O motivo dele ter sido expulso foi disputa de poder. Pelo que entendi ele queria se alimentar de outras raças de aranha como a dele e não apenas dos ovos de aranhas "normais" que eles cultivavam. Ele conseguiu provocar um genocídio no planeta e por isso quando foi pego o expulsaram de lá.

Fiquei curioso sobre como ele chegou aqui, pois eles não tem máquinas, naves espaciais ou discos-voadores, e então nos mostraram que um grupo lá no planeta dele se reuniu e com a força da mente criaram uma energia ao redor dele e enviaram ao espaço. Ele tinha um corpo físico, material como o nosso, mas esse corpo se desintegrou e ele ficou com o corpo que é equivalente ao nosso corpo astral, por isso ficou nessa dimensão.

Ele está aqui na Terra há milhares de anos e sempre viveu no astral, nunca teve uma vida na dimensão física. Seu corpo astral ainda é formado pela energia de seu planeta de origem e diferente de outros seres que foram exilados propositadamente aqui na Terra, não foi feita nenhuma alteração em sua energia para que pudesse encarnar aqui. Ele criou um exército de aranhas no umbral, com cerca de 10.000 aranhas pequenas e umas 300 aranhas gigantes, que usava para manter os espíritos apavorados e assim lhe gerar energia. Inclusive os que já reencarnaram como a nossa consulente, mas que passaram por lá, ainda mantém ligações energéticas com esse ser e ele ainda se alimentava do pavor delas.

Era um ser bastante curioso e tinha uma energia muito diferente da nossa. Não era como se ele fosse um ser das trevas, o que ele fazia era tão natural para ele, viver do pavor de outros seres, que é como se não tivesse sentimento nenhum, difícil de explicar. Um ser das trevas com o poder que ele tinha provocaria um extremo mal-estar no médium e em mim, dores de cabeça e vômito, mas ele não provocou nada disso. Mas enfim, o homem-aranha vai ser enviado ao planeta Nibiru, o famoso planetão que vai fazer uma limpeza energética na Terra. Quanto à nossa consulente, cortamos a conexão dela com o homem-aranha, mas devido ao longo tempo que estiveram conectados creio que ainda vai demorar para ela perder esse pavor de aranhas.

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page