• Gelson Celistre

Fractais da alma

Atualizado: 17 de out.

Hoje atendemos uma pessoa que fez um curso de resgate de fractais da alma, que basicamente seria o tratamento de memórias traumáticas de vidas passadas em nosso inconsciente. Teoricamente esta técnica resgata esses traumas retirando deles as cargas emocionais associadas. Isso é perfeitamente possível e é o que fazemos quando tratamos uma frequência de vida passada. Na linguagem apométrica nós diríamos que a pessoa está sintonizada com uma frequência de vida passada ou com uma frequência aberta. A semelhança não é por acaso, pois o criador dessa técnica de fractais afirma que ela é o resultado da conjunção de técnicas de apometria, desdobramentos múltiplos e apometria quântica, misturados com técnicas de xamanismo.

Embora usem uma nomenclatura própria a princípio nada impediria que a técnica funcionasse. Essa salada de técnicas na prática se baseia em radiestesia e usa uma mesa radiônica com gráficos para supostamente resgatar os tais fractais. Vamos supor que alguém tenha uma situação traumática de vidas passadas que um terapeuta dessa técnica vai se dispor a tratar, exemplo, hoje a pessoa se sente abandonada e vão procurar no passado dela situações em que ocorreu isso e ela ficou traumatizada, que seria um fractal.

Quem acompanha meus textos e consequentemente já tem uma boa noção de como funciona a apometria e essas situações que envolvem frequências de vidas passadas sabe que existem vários fatores a serem tratados além da memória traumática, tem um local plasmado no astral com toda uma carga energética, geralmente têm outros seres envolvidos, outras consciências que pensam, raciocinam, então não é só voltar atrás e pegar algo que você esqueceu e tudo vai se resolver.

A radiestesia é uma ciência antiga e o uso de gráficos modernos para facilitar o seu uso não tem nenhum problema, pode ser visto como uma modernização da técnica, porém, o que fazem geralmente é atribuir à radiestesia poderes que ela não tem, misturam um monte de coisas e usam termos para dar um ar de cientificismo (radiônica, quântica, etc), se apropriam de termos e conceitos de outras técnicas para parecer que é muito poderosa. Como complemento de tudo isso ainda inventam que a pessoa vai ser reconectada com seu corpo original (!??) e que ela vai ser conectada com as egrégoras do grupo, que vai desde a Grande Fraternidade Branca até Arcturianos, passando por várias santas e ordens esquisotéricas.

Na prática é apenas um papel com alguns desenhos gráficos e um pêndulo. Não existe conexão com nenhuma das egrégoras citadas, pois são quase todas inventadas e as que realmente existem não são acessíveis dessa forma. Eu até achei que iria encontrar algum grupo de seres das trevas envolvidos, mas para minha surpresa era algo bem mais trivial. Não encontramos nenhum ser metido a mestre de alguma coisa ou alienígena comandante. Ao sintonizar com a situação nos deparamos apenas com um espírito medíocre metido a empreendedor.

O espírito estava com muita raiva e queria cuspir e bater no médium, após ser contido conversei com ele. Esse espírito está morto há uns 30 anos, era fumante e morreu de problemas pulmonares, em vida trabalhava com seguro saúde, planos de previdência, e disse que o sujeito encarnado que criou a técnica o procurou, pois queria criar uma coisa nova para ganhar dinheiro e esse espírito se aliou a ele, disse que era um administrador e que vivemos num sistema capitalista e tal.

Respondi que tudo bem, só que eles vendiam um produto que não entregavam e apenas roubavam as pessoas. Ele teve a cara de pau de dizer que a pessoa que atendemos só fez um curso, que teria que fazer mais, que eles têm vários produtos e ela tem que comprar todos para ter algum benefício. Perguntei que benefício seria esse e ele respondeu que colocariam um espírito junto dela para a ajudar, ou seja, se a pessoa fizesse todos os cursos de terapia ele disse que arrumaria um espírito para ajudar essa pessoa a conseguir clientes.

Mais do mesmo, é o que fazem em trabalhos de magia para prosperidade, para abrir caminhos e similares, mas mesmo antes de ter esse benefício e caso venha a receber também, essa pessoa ficaria conectada a um reservatório de energia por onde ela seria vampirizada. Esse grupo tinha um reservatório equivalente a uma caixa d'água de 5.000 litros cheio de ectoplasma. Todas as pessoas que fizeram o tal curso de resgate de fractais estavam conectados a esse reservatório através de um fio que lhes retirava a energia.

O espírito administrava essa energia como se fosse os planos de previdência que ele vendia quando vivo, todos pagavam um tributo que ele distribuía parcimoniosamente para os que seriam beneficiados, que eram ele e os espíritos que trabalhavam para ele; é como a aposentadoria, você paga a vida toda, se aposenta e começa a receber um salário, mas continua pagando a contribuição mesmo aposentado. E o que ganha é uma miséria. Esse grupo era pequeno, além desse administrador só havia 26 espíritos trabalhando com ele, mas vários outros espíritos estavam já selecionados esperando apenas que mais pessoas façam o curso para serem contratados, bem ao estilo empresarial mesmo.

Cortamos os fios que conectavam as pessoas que fizeram o curso ao reservatório. O local onde ficava o reservatório no astral tinha uma cúpula de energia ao redor e quando destruímos essa proteção vários espíritos que viviam naquela região umbralina se jogaram sobre ele para pegar energia, mas nós os afastamos e espalhamos toda a energia no ambiente. O espírito administrador e os outros 26 foram realocados para outro setor no astral e em breve irão participar de um novo empreendimento no plano físico, vão reencarnar.

Já alertamos em várias postagens sobre terapias miraculosas e cursos que te dão um poder que você não tem, é tudo falcatrua. Seja qual for a técnica, se promete curar ou resolver qualquer coisa de antemão, sem nem analisar do que se trata, sem considerar o estágio do problema e o karma dos envolvidos, é falcatrua. Se afirma que foi canalizada ou que vai te conectar com santos, alienígenas, mestres, comandantes de qualquer coisa, é falcatrua. O criador da Apometria, o Dr. Lacerda, após a observação de uma demonstração passou 20 anos desenvolvendo a técnica, experimentando e testando seus conceitos antes de apresentá-la ao público. O conhecimento verdadeiro se adquire com estudo e prática. Cursos ensinam técnicas, não te dão poderes que você não tem.

259 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Ayahuasca

Deeksha