• Gelson Celistre

Camadas astrais

Atualizado: 25 de nov.

Quando falamos em frequências na apometria sempre é um tema que causa muitas dúvidas. É difícil para nossa mente acostumada a um pensamento linear aceitar que várias coisas podem estar acontecendo simultaneamente em outras dimensões. Imagine que eu estou escrevendo esse texto e outro eu está em outra dimensão numa acirrada luta com espadas, e ainda um outro eu numa outra dimensão participando de uma festa. Isso tudo é possível e acontece muito frequentemente com praticamente todo mundo.

Hoje num atendimento nos deparamos com uma situação muito comum, havia um espírito com a pessoa que estávamos atendendo que foi escravo dela numa vida passada. Nesses casos além de resgatar o espírito nós resgatamos outros que estão naquela frequência de vida passada. Eu faço o espírito lembrar das vidas que foi escravo e nós resgatamos outros espíritos que encontramos nessa frequência. Geralmente eles estão em alguma fazenda ou numa casa na cidade, nesse caso a pessoa morava numa cidade pequena e tinha apenas esse escravo, então mandei o médium vasculhar a cidade toda e os arredores.

Nossa equipe espiritual nos informou que foram resgatados cerca de 500 espíritos de negros que foram escravos nessa cidade e arredores em épocas diferentes. Mas o que isso significa? Que no astral havia diferentes versões dessa mesma cidade e em cada uma delas viviam dezenas de espíritos, como se houvesse várias camadas da mesma cidade e os espíritos de uma camada não tinham contato com os que estavam em outras camadas, na realidade nem tinham noção de onde estavam e muito menos que existiam essas diferentes versões da mesma cidade.

Para facilitar a compreensão, imagine várias fotografias de uma cidade ao longo do tempo, alguns prédios mudam, aparecem novos, alguns são demolidos, mas a estrutura da cidade é a mesma. Seria como se em cada fotografia vivessem várias pessoas que não tem contato com as de outras fotografias e nem sabem da existência delas. Todos vivem na mesma cidade, em diferentes versões dela ao longo do tempo. Percebem como pode ser complexa essa questão de frequências? Um médium pode acessar uma frequência dessas, uma camada, e ver algo que acontece lá, enquanto outro acessa outra frequência e vê outra coisa diferente do anterior. O mesmo ocorre com as pessoas, podemos captar diferentes frequências, diferentes camadas, de uma pessoa que estamos atendendo.

Imagine uma pessoa que teve várias encarnações nessa cidade que mencionamos, ela pode ter diferentes versões dela, cada uma em uma dessas camadas ou frequências, cada uma teve uma experiência diferente e podem estar todas ainda vivendo como viviam nessas vidas passadas ao mesmo tempo. Para saber mais sobre essas camadas astrais, que chamamos de frequências na apometria, acesse nosso vídeo no YouTube: Frequências na Apometria.

314 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo