top of page

Cão & Gato

(Publicado originalmente no blog Apometria Universalista em 1/11/2021)


Nossos animais de estimação absorvem a energia do ambiente e endereçadas a nós, seus tutores, e acabam adoecendo em nosso lugar. Atendemos dois casos recentemente onde a causa das doenças dos pets demonstra a complexidade que se cria na nossa relação com os animais e como isso influencia em sua evolução. O caso canino foi uma cachorrinha de 3 anos de idade com feridas pelo corpo e muita agitação. Vimos que parte das feridas era por conta do stress, pois houve uma alteração na rotina e ela passou a ficar menos tempo com seu tutor, mas outra parte do problema era um encosto, sim, a cachorrinha estava com um encosto, um espírito humano de baixa vibração grudado nela.

Num local onde a cachorrinha frequentava com o tutor foi aberto um novo empreendimento e a mãe da pessoa que fez o investimento queria muito que o filho tivesse sucesso e fez muitas orações, ela é evangélica, para que o filho prosperasse logo, que tivesse retorno logo do que ele investiu, para que entrasse dinheiro rapidamente, e como antes de ser evangélica ela era frequentadora de terreiros, ainda carrega consigo espíritos que ela tinha como sendo seus guias e um deles pegou o serviço, ou seja, foi para o local do empreendimento para agilizar o negócio.

Nesse caso mesmo a pessoa oficialmente sendo evangélica o que ela desejava era um trabalho de prosperidade e o espírito que a acompanhava entendeu bem o que ela queria, o problema é que o tal espírito tinha a vibração muito baixa e quando chegou no local a cachorrinha estava lá e ele mesmo não querendo acabou ficando grudado nela. Era um espírito muito agitado, não tinha intenção de fazer o mal, queria ajudar o empreendimento a crescer, mas certamente devido a sua energia ser ruim iria é afastar as pessoas do local pois não iriam se sentir bem ali, iriam se sentir incomodadas. Apagamos a mente dele e o encaminhamos para reencarnação, a cachorrinha foi atendida em nosso hospital veterinário. O caso do gato, um macho com 3 anos com obstrução urinária, também é interessante. Numa vida passada ele teve como tutora uma mulher meio solitária que era muito assediada pelos homens do pequeno vilarejo onde morava. Esse gato se sentia o macho da casa, como se a mulher fosse sua fêmea, e espiritualmente ele atacava os pretendentes da mulher. Teve um homem que queria muito casar com essa mulher mas ele tinha medo do gato, não conseguia se aproximar quando o gato estava por perto, então ele resolveu se livrar do gato e conseguiu envenenar o animal, que acabou morrendo. O homem então conseguiu se aproximar da mulher e passou a viver com ela maritalmente. Na vida atual aquela mulher é filha da tutora do gato, uma adolescente, e o homem que matou o gato é pai da adolescente. O gato tinha essa lembrança do homem da vida anterior dele e no astral lutava contra ele quando se aproximava da filha. Como a energia do tal homem não é das melhores, é envolvido com feitiçaria, o gato acabou levando a pior. Encaminhamos o gato para o hospital veterinário e apagamos a mente dele para fechar a frequência. Os animais domésticos ao conviverem conosco começam a fazer parte do nosso karma e evoluem conosco. Precisamos ter em mente a responsabilidade que temos com esses espíritos em formação e dar a eles o nosso melhor.

39 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Pretinha

댓글


bottom of page