top of page
  • Gelson Celistre

2/2/22 - O portal

(Publicado originalmente no blog Apometria Universalista em 3/2/2022)


É interessante notar com nossas ações nos trabalhos de apometria interferem na vida de outras pessoas, tanto na dimensão física como na espiritual. Em 11/11/11 supostamente haveria a abertura de um portal interdimensional e na ocasião fizemos um trabalho que culminou com a desativação de uma cidade umbralina chamada Andrion, comandada por seres das trevas travestidos de elevados seres de luz e mestres espirituais.

Esse ano tivemos ontem a data de 2/2/22 e ainda teremos esse mês o dia 22/2/22, datas onde ocorre uma coincidência numérica entre o dia do mês, o mês e o ano, nas quais muitas pessoas acreditam que portais são abertos. E nesse delírio pegam datas como 11/2/22, 20/2/2022 e qualquer outra onde haja uma coincidência numérica para justificar que isso faz com que se abram portais no universo onde a pessoa receberá abundância, perdão de karmas, transmutação e tudo de bom que se pode imaginar. Em que pese que a numerologia se baseia em conhecimentos muito antigos, inclusive nas ideias que nos chegaram atribuídas ao filósofo e matemático grego Pitágoras (570-495 a.C.), atribuir poderes místicos a uma data no nosso calendário como se ele tivesse alguma conexão com o universo em si não tem nenhum fundamento.

A Terra tem mais de 4,5 bilhões de anos, isso dá mais de um trilhão e seiscentos bilhões de giros ao redor do seu eixo, ou seja, de dias, e as pessoas acreditam que por terem começado a marcar o tempo há pouco mais de 2.000 anos isso de alguma forma vai influenciar o universo e em datas específicas desse calendário criado pelos humanos vão se abrir portais só porque tem números repetidos na data. Bem, mas em 2011 havia um grupo de espíritos trevosos usando a inocência das pessoas crédulas para lhes vampirizar que foi desmantelado por nós. Agora, mais de 10 anos depois temos outra enxurrada de "esotéricos" divulgando que ontem se abriu um portal e que no dia 22 vai ter outro maior ainda e que nesse período os que orarem e meditarem vão receber muitas bençãos. Eu vi alguns comentários no Facebook sobre esses supostos portais e, embora soubesse que essa energia dos "portaletes" iria para algum lugar, não dei muita atenção. Mas agora a tarde me lembrei disso e resolvi verificar o que aconteceu ontem. Como nós atuamos há muitos anos no astral e movimentamos muita energia e espíritos em nossos trabalhos, as coisas que já fizemos do outro lado são de conhecimento de muita gente na dimensão astral e de certa forma acabamos divulgando certas práticas. Por exemplo, quando desmantelamos a cidade de Andrion muitas outras cidades ficaram sabendo como o pessoal de Andrion que recolhia a energia das pessoas que acreditavam nesses "portais" e essa energia ficou sem dono. Muitas cidades astralinas começaram a se organizar para recolher essa energia dos encarnados nessas datas onde supostamente se abririam os tais portais. Para se ter uma ideia agora a tarde quando fizemos a verificação havia mais de 100.000 pessoas orando ou meditando por conta desse portal (dizem que a pessoa tem que meditar/orar do dia 2 ao dia 22) e ontem como teve muitas lives e vídeos divulgando o tal portal teve um pico com mais de um milhão de pessoas meditando/orando, ou seja, foi muita energia dispendida pelos encarnados, e para onde foi essa energia? A energia foi e está indo para cerca de 46.000 cidades umbralinas, sendo umas 8.000 apenas aqui no astral do Brasil, e atingiu um número de aproximadamente três milhões de espíritos. Essas cidades variam de alguns milhares a cerca de um milhão de habitantes e não são cidades do mal, são cidades onde vivem espíritos como nós, nesse mesmo nível espiritual em que a maioria dos humanos se situa e essa energia é para elas como a chuva que vem após um longo período de estiagem. Nós intervimos apenas em uma dessas cidades, que tem cerca de 40.000 espíritos habitando, por que ela era liderada por um grupo de cinco espíritos que se fazem passar por mestres ascencionados para vampirizar mesmo as pessoas, inclusive tinham uma representante aqui no Brasil que fez até uma live ontem sobre o suposto portal. À medida que nossa equipe espiritual foi passando as informações eu disse que nesse caso nem iria interferir nessa doação de energia dos "portaletes" pois no fim está beneficiando muitos espíritos, embora não seja da maneira que as pessoas acreditam, pois os que estão meditando/orando creem que vão obter algum beneficio para si, mas na realidade estão apenas doando energia para espíritos que eles nem conhecem.

Nisso o médium captou um espirito indignado comigo, dizendo que como assim eu não iria fazer nada? Disse que era para eu chegar metendo o pé na porta e tirando a energia desse pessoal, pois se tem demais em algum lugar falta em outro. Esse espírito vivia numa comunidade de cerca de 500 espíritos embaixo d'água, sua colônia é sob o oceano, e ele arrecadou muito menos energia do que precisava para manter o local. Esse espírito era pescador em sua última encarnação há mais de 100 anos e os demais habitantes da cidade submersa também eram pessoas ligadas ao mar e no dia 2 de fevereiro tradicionalmente eles recebiam as energias que eram endereçadas a Iemanjá. Segundo o espírito, com essa palhaçada de portal esse ano milhares de pessoas deixaram de rezar ou fazer oferendas a Iemanjá para meditar/orar para o tal portal. Eles conseguiram arrecadar um pouco mais da metade da energia que precisavam, que veio dos reais devotos de Iemanjá, pois os volúveis, aqueles que rezam para quem eles acham que vai lhes dar mais, eram quase a metade do seu fornecimento anual de energia. Esse pescador já conhecia o meu modo de trabalho e achou que eu ia pegar de volta a energia das pessoas e redistribuir, e até pensei nisso, mas vi que seria inviável e não mudaria muita coisa no final das contas. Aproveitamos e resgatamos essa colônia de pescadores.

Então as pessoas ontem meditaram/oraram e vão continuar meditando/orando até o dia 22 quando vai ter outro pico de pessoas meditando/orando na esperança de obterem benefícios, mas na realidade estão apenas doando energia para espíritos que vivem na dimensão astral. E isso tudo porque acreditam que a coincidência de números numa data tem poderes mágicos.

22 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Santo Daime

bottom of page