top of page

Winky e Luna

(Publicado originalmente no blog Apometria Universalista em 3/3/2020)


Para quem não sabe, os animais domésticos possuem alma e reencarnam assim como nós humanos. Eles ainda não tem um raciocínio como o nosso, estão aprendendo a lidar com os sentimentos, mas já esboçam uma noção de certo ou errado, de bem e mal, e por conta disso também geram karma. É evidente que o peso kármico da ação de um animal não é o mesmo que de um humano, mas é assim que funciona o ciclo evolutivo reencarnatório e no futuro estas almas de animais habitarão corpos humanos.

Atendemos duas cachorrinhas, Winky e Luna, para verificar porque uma delas tem um comportamento agressivo com a outra. As duas foram resgatadas de um canil clandestino no ano passado, imaginem o que não passaram, e desde então estão num lar onde recebem muito amor e carinho. Tal como nós humanos trazemos resquícios de nossas experiências e nossas personalidades de vidas passadas, com os animais domésticos não é diferente, então cada um cria uma personalidade única.

A cachorrinha mais agressiva, Luna, em sua vida anterior morava no campo, era quase um cão selvagem, pois vivia livre nas matas e campos e caçava outros animais para se alimentar. Seus donos só lhe davam comida quando sobrava alguma coisa da mesa deles, então se ela não caçasse não sobreviveria. Morreu por causa de uma picada de cobra. Provavelmente foi uma das primeiras encarnações dela como animal doméstico, então ainda tinha muita conexão com seus instintos mais primitivos, ainda mais vivendo no mato. Por conta de sua vida passada Luna na vida atual é territorialista, acha que a casa é toda dela, e que Winky quer roubar o que lhe pertence, que é tudo que tem na casa, principalmente o amor e carinho dos donos.

Já Winky em sua vida passada foi pega logo depois do nascimento para ser cãozinho de companhia de uma criança, mas a criança não se apegou muito a ela e a família não exitou eu abandoná-la na rua quando mudaram de casa, sendo a cachorrinha ainda filhote. Então na vida passada Winky teve um lar mas foi abandonada e virou um cão de rua. Essa vida passada da Winky deixou ela nessa vida com medo de sofrer, medo da mão que lhe dá carinho lhe agrida, mas ela é dócil e confia mais na Luna, mesmo sendo agressiva com ela, do que nos humanos.

Conectei o mental da Luna com uma médium e conversei com ela através desse sistema. Os cães não falam mas o pensamento (energia mental) pode ser captado e interpretado pelo mental do médium, assim tentei fazer ela ser menos agressiva com a Winky, mas o instinto territorial dela é muito forte e ela só via a outra como uma intrusa. Para tratar essa agressividade instintiva da Luna usamos uma energia de maternidade, amor de mãe, energia que foi tratada para poder ser absorvida por ela, que logo após já ficou mais tranquila e menos agressiva.

4 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Gato obeso

Marrom

Yorkshires

Categorias: Selecione abaixo o assunto que deseja pesquisar

bottom of page