top of page
  • Gelson Celistre

Santo Daime

Atendemos uma pessoa que frequentou algumas vezes um local onde se utiliza o Santo Daime e que nos solicitou uma averiguação quanto à origem do Santo Daime e seus fundadores, pois sentiu que havia alguma coisa errada quanto a isso, embora a pessoa em questão tenha dito que o local que frequentou e onde usou o Santo Daime é muito bom, acredita que todos lá são pessoas boas e bem intencionadas e que sentiu benefícios depois das sessões. Essa pessoa já foi atendida por nós várias vezes e possui mediunidade, talvez por isso tenha ficado desconfiada.

A origem do Santo Daime e seus fundadores é facilmente encontrada na internet, resumidamente a doutrina do Santo Daime foi criada por Raimundo Irineu Serra, nascido em 1892, um negro maranhense neto de escravos que migrou para o Acre no início do século XX e teve contato com a ayahuasca pelos nativos da Amazônia. Depois de muitos anos utilizando a ayahuasca teve uma visão de uma mulher, Clara, que ele chamou de Rainha da Floresta e que mais tarde identificou como Nossa Senhora da Conceição, que é a principal divindade cultuada pelos daimistas. O fundador passou a se chamar Mestre Irineu.

Com o falecimento do Mestre Irineu um membro da seita chamado Sebastião Mota de Melo, o Padrinho Sebastião, foi quem realmente difundiu o Santo Daime pelo Brasil e o pelo mundo. A esposa do Mestre Irineu também criou uma linhagem de Daime, mas foi essa do Sebastião a que se popularizou mais. O Mestre Irineu é reconhecido como Rei Juramidá, que parece ser uma segunda vinda de Cristo. Mas a base dessa doutrina ou religião é o uso do chá feito com ayahuasca, que eu já comentei em outras postagens o mal que causa à nossa tela etérica e os processos de vampirização envolvidos nessas práticas.

A princípio eu nem ia verificar a origem do Santo Daime pois para mim mesmo tendo o rótulo de religião continua sendo um monte de gente despreparada tomando alucinógeno, achando que estão em contado com divindades, mas sendo vampirizados por espíritos de baixa vibração, eu iria apenas verificar o local onde a pessoa frequentou, mas na hora do atendimento como o local tinha conexão com outros estendi o trabalho e busquei os fundadores, as principais figuras da religião, o Mestre Irineu e o Padrinho Sebastião.

Mas inicialmente começamos pelo ceu (centro esotérico universal) que a pessoa frequentou. Assim que o médium sintonizou com o local o espírito guardião do centro, o responsável espiritual, já se manifestou muito indignado com a pessoa que nos contratou, disse que a pessoa obteve o que ela queria, não tinha nada que pedir para investigar, chamou a pessoa de traidora, que eles resolveram o problema, a pessoa conseguiu o que queria, e não tinha que pedir para investigar coisa nenhuma.

Esse espírito era daimista quando vivo e após a morte ficou trabalhando para essa religião no astral. Na prática ele vampiriza as pessoas que frequentam o centro no dia-a-dia delas, mas guarda um pouco da energia porque tinha que pagar tributo para outro centro que foi quem o designou para esse local para ele ser o responsável. Quando tem reunião no centro onde aí vem outros espíritos de outros centros daimistas vampirizar as pessoas, não são sempre os mesmos espíritos e não é sempre a mesma quantidade, mas fica em torno de 130 espíritos que vem vampirizar o povo que bebeu o chá durante as cerimônias, e claro fazem eles ter visões e fazem acordos com as pessoas no astral, reforçando as ligações entre todos, o que facilita a vampirização.

O espírito responsável por esse centro disse que eles não são gananciosos, tiram apenas a quantidade de energia que precisam e as pessoas nem sentem. Sentindo ou não eram vampirizadas sem seu conhecimento, pois são pessoas iludidas que acreditam estar expandindo a consciência, mas são apenas alucinados sendo vampirizados. Eles não aceitam que a ayahuasca seja uma droga alucinógena, dizem que é uma planta enteógena, literalmente manifestação interior do divino, uma planta que promove um estado alterado de consciência que propicia o contato com entidades espirituais.

Esse centro que investigamos não é grande, mas estava ligado a outros cerca de 150 centros, que faziam parte de uma rede de cerca de 350 centros daimistas em todo o Brasil nos quais os frequentadores eram vampirizados por cerca de 2.700 espíritos. O líder espiritual do Santo Daime no astral é o Padrinho Sebastião, que aprisionou o Mestre Irineu (falecido em 1971) e o espírito da Rainha da Floresta, a suposta Nossa Senhora da Conceição. O Padrinho Sebastião (falecido em 1990) se sente o verdadeiro criador da religião disse que sem ele nem existiria, que foi ele quem realmente criou e difundiu.

O local onde o Padrinho Sebastião ficava no astral era como um centro normal onde havia um altar com a tal Rainha da Floresta, tipo essas capelinhas de santa mesmo, mas em tamanho natural, com o espírito da mulher la dentro, que eles cultuam como Nossa Senhora da Conceição. Numa salinha ao lado dentro de um tipo de caixa feita de pedra estava o espírito do Mestre Irineu, inconsciente e muito fraco, pois o Padrinho Sebastião fica com toda a energia que é direcionada a ele, assim como a energia que é direcionada para a tal Rainha da Floresta, a Nossa Senhora da Conceição. Todos os centros tinham que pagar um tributo da energia coletada dos frequentadores para o Padrinho Sebastião.

Nossa equipe resgatou o Mestre Irineu e a Rainha da Floresta, que foram encaminhados para um hospital, e o centro do Padrinho Sebastião no astral foi destruído. O Padrinho Sebastião teve a mente apagada e foi encaminhado para reencarnação. Os cerca de 2.700 espíritos ligados aos centros daimistas foram todos recolhidos e vão ser introduzidos no ciclo reencarnatório.

O fato da pessoa se sentir bem ingerindo o chá não significa que esteja lhe fazendo bem. Os viciados também se sentem bem quando utilizam drogas, mas para terem alguns momentos de prazer ou êxtase o custo para sua saúde é muito alto. É possível que em determinadas dosagens a ayahuasca possa provocar algum benefício para o organismo em determinados casos, existem alguns estudos em andamento, mas não se tem ainda nenhuma comprovação científica e nem se sabe dos efeitos colaterais. Mas nós sabemos que o uso da ayahuasca provoca danos na tela etérica e consequentemente no corpo astral, deixando o usuário sem defesas contra a vampirização, além de provocar transtornos mentais e psicológicos.

1.002 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

Tulku

bottom of page