top of page

Gato obeso

Atendemos um gato que está bem acima do peso e apesar de não ser um caso complexo ele nos dá oportunidade de esclarecer algumas coisas sobre a vida e a evolução dos animais. Nós costumamos ver os os animais como se fossem crianças, inocentes, seres que não tem maldade e consequentemente não tem karma negativo, não têm coisas ruins a pagar como nós humanos. Muitas pessoas pensam inclusive que todos os animais são resgatados imediatamente após sua morte e que vão para algum local especial no astral destinado a eles, mas isso não é verdade.

O espírito passa por diversos estágios até chegar a consciência humana e um desses estágios consiste em passar pelo reino animal. Os animais de estimação são espíritos que já estão próximos de reencarnar como um ser humano pois já possuem sentimentos como amor, gratidão, raiva, etc. A partir do momento que o ego tem consciência de sua individualidade, que ele fez escolhas e comete atos, ele começa a gerar karma. É claro que não é um karma como o nosso pois eles não têm ainda o mesmo discernimento, mas já fazem coisas ruins para outros animais às vezes e isso gera um karma.

E assim como nós, tendo os animais sentimentos, eles também sofrem e ficam traumatizados. Esse gato que tratamos desde que nasceu nunca passou fome ou frio, ele tem seis anos, sempre teve casa e abrigo, mas sua mãe quando estava gestante era uma gata de rua e passou muita fome. A tutora do gato e recolheu a mãe dele da rua, ela estava muito magra, e cuidou dela, depois descobriu que ela estava prenhe e ela veio a dar a luza a cinco gatinhos. Tanto a mãe quando os irmãos desse gato tem tendência a obesidade, mas os outros engordam e emagrecem e esse não.

Vimos que quando estava na barriga de sua mãe, como ela passou muita fome, ele não recebeu muito alimento, eram cinco gatos na ninhada e ele foi o que menos recebeu alimento pelo cordão umbilical. Somado a isso vimos que em uma vida passada esse gato já havia morrido de fome. Foi abandonado ainda filhote no mato e sobreviveu algum tempo como pode, mas não chegou a ficar adulto, morreu muito magro e fraco.

Ter passado fome ainda na barriga da mãe o sintonizou com essa vida passada e isso afetou seu metabolismo, que processa os alimentos mais lentamente, ele no fundo tem medo de voltar a passar fome por isso come bastante e retém os alimentos em forma de gordura no organismo. Nós cortamos a sintonia dele com essa vida passada e ele foi levado para um hospital veterinário no astral e vai ser tratado mentalmente para que ele perca esse medo de passar fome, vai ser injetado na mente dele imagens dele brincando e correndo, comendo, depois brincando novamente, isso repetidamente, para reprogramar a mente dele.

301 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Pretinha

Mulher-gato

Comments


bottom of page