• Gelson Celistre

O farol

Atualizado: 25 de nov.

O sonhos podem ser lembranças de vidas passadas e quando se tem um sonho recorrente geralmente tem algo a ser trabalhado nesse passado, alguma energia que não ficou naquele passado e nos acompanha no presente. Atendemos uma mulher que tem sonhos recorrentes com um farol. Quando era criança foi à praia com os pais, viu um folheto com a imagem de um farol, e falou para a mãe que já tinha morado num lugar que tinha um farol. Desde então relata sempre sonhar com esse farol.

Hoje adulta, casada, recebe uma mensagem pelas redes sociais de um rapaz que disse que sonhou com uma moça igual a ela que estava em um farol. Logicamente que isso bagunçou a cabeça dela. Como assim um cara desconhecido sonha comigo em um farol? Até então ela tinha uma vida estabilizada emocionalmente, mas depois disso nas palavras dela tudo desandou.

Como se não bastasse isso, ela alguns meses antes havia sonhado com um mago negro, que ela mesma identificou como sendo um obsessor, lhe dizendo que ela já havia sido muito poderosa e que ele a ajudaria a relembrar quem ela era. Ela recusou e o tal mago disse que lhe daria um tempo para pensar. Umas duas semanas depois voltou a sonhar com o tal mago, que dessa vez estava agitado e nervoso e a ameaçou dizendo que ia acabar com a vida dela, que ela ia perder tudo. Depois dessa ameaça é que o rapaz que disse ter sonhado com uma moça igual a ela num farol entrou em contato com ela.

Numa vida passada essa mulher teve uma vida onde foi uma bruxa poderosa, além de ser uma mulher muito bonita e sedutora. Usando seus encantos, tanto de feiticeira como de mulher, ela seduziu um homem rico e poderoso que matou a esposa envenenada e abandonou os filhos para poder se casar com ela. Depois de estar com ela descobriu que ela o traía com outros homens e quase enlouqueceu, tentou matar a bruxa como fez com a esposa, mas ela era esperta e fez ele beber o próprio veneno.

Os familiares desse homem tinham muito medo dessa mulher, sabiam que ela era uma bruxa, então contrataram um outro bruxo para fazer um feitiço para aprisioná-la. Subornaram o amante dela e o convenceram a participar de um plano sórdido onde disseram a ela que teria que ir pessoalmente para tomar posse de umas terras que eram do falecido. Ela foi como amante numa viagem de navio para as tais terras e só durante a viagem já em alto mar que ela pressentiu que era uma armação, mas aí já não tinha mais como se livrar de seu destino.

A bruxa foi deixada sozinha numa ilha deserta onde havia um farol abandonado, sem comida ou água, foi largada ali para morrer. O feitiço do outro bruxo era para aprisioná-la espiritualmente nessa ilha e ela não conseguir sair dali para se vingar dos familiares do falecido marido. Então essa mulher tinha essa frequência de bruxa aprisionada nessa ilha do farol até agora. Havia um espírito no farol mantendo um campo de força ao redor da ilha para manter a bruxa presa lá. mas vamos ao quem é quem nessa história.

O rapaz que apareceu do nada nas redes sociais dela é o homem poderoso que ela seduziu, que matou a esposa para ficar com ela, e que acabou morrendo pelo próprio veneno que ele queria que ela tomasse. Ele ficou com muito ódio dela o trair e desde então a persegue. Um dos filhos dele daquela vida estava junto dele e é o que apareceu para ela em sonhos como sendo o tal mago negro pois queria ajudar o pai, agora encarnado, a destruir a vida dela, coisa que ele mesmo depois de morto não desistiu de fazer. O rapaz com o qual a mulher vive junto é o amante que a traiu naquela vida, foi quem a convenceu a embarcar no navio e foi quem a deixou na ilha do farol para morrer.

O espírito que ficava no farol mantendo o campo de força não era ninguém importante, foi pego no umbral e colocado ali, se sentiu até grato por estar ali. O bruxo que fez o feitiço está reencarnado e nem tinha força para manter esse feitiço ativo, então procuramos descobrir quem ainda mantinha essa arquepadia. Ai sim descobrimos um mago que poderia ser chamado de negro. A aparência desse mago lembra o Gandalf do Senhor dos Anéis e ele está há mais de mil anos sem reencarnar.

Esse mago era inimigo da bruxa de outras vidas e ele estava capturando todos os inimigos dele e aprisionando para que não tivessem poder para o enfrentar novamente. Foi ele quem armou naquela vida para que a bruxa se desse mal e foi ele quem realmente fez o feitiço que aprisionou ela na ilha. Além dela ele mantinha mais de 100 outros inimigos dele de várias vidas presos. A mente do mago foi apagada e os feitiços foram desmanchados e as pessoas presas foram libertadas, inclusive essa mulher que atendemos que também tinha essa frequência de bruxa presa na ilha do farol. Com a apometria conseguimos acessar através desse sonho da mulher, não apenas a lembrança que ela tinha de uma vida passada, mas vislumbramos a história toda e até coisas que ela própria desconhecia, inclusive naquela vida onde foi bruxa.

90 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tabagismo