top of page

Depressão e laboratórios no astral

Uma mulher que sofre de de depressão se consultou conosco com as seguintes alegações: "Tomo remédio para depressão há mais de 5 anos, fiquei bem, mas nos últimos tempos tenho me sentido sugada, sem nenhuma energia. Não tenho vontade de fazer nada, nada me anima, quero só ficar deitada. Não sinto alegria nas coisas do dia-a-dia. Fico muito angustiada em vários momentos, sem razão aparente."

Inicialmente encontramos um encosto com ela, uma mulher que foi governanta da família dessa mulher numa vida passada e que a orientou e até escolheu um marido para ela, pois ela ficara órfã ainda criança, e que se arrependeu pois o marido que escolheu para a mulher bebia e lhe batia. Esse espírito, a governanta, também não aprovava o marido atual da mulher e como acha que não tinha mais como consertar isso queria que a mulher morresse para que ela numa outra vida pudesse orientá-la melhor e se redimir.

Devido a essa governanta a mulher se sentia infeliz com sua vida, achava que faltava algo, foi devido a influência dessa governanta ela começou a se sentir deprimida. Conversei um pouco com a governanta e depois apaguei sua mente e a encaminhei para reencarnação, pois ela estava obstinada em querer que a mulher morresse para a orientar numa outra vida. A presença desse espírito por si só já poderia ser a causa do problema, mas como sabemos que os remédios psicotrópicos geralmente estão vinculados a laboratórios de espíritos das trevas no astral resolvi verificar se também não seria esse o caso, e era.

Assim que comandei o médium a se conectar com a energia do remédio que a mulher toma o espírito responsável pelo laboratório no astral já se manifestou querendo negociar. O espírito responsável, que está morto há uns 20 anos apenas, era um pesquisador farmacológico na Inglaterra e tinha um laboratório no astral. vinculado ao laboratório que fabrica o remédio para depressão que a mulher está tomando aqui no físico.

Nesse laboratório na dimensão astral elas mantinham essa mulher desdobrada constantemente numa maca onde era monitorada e tinha sua energia retirada. O laboratório ficava numa construção parecida com um galpão industrial com cerca de 50 metros de comprimento, onde havia 600 pessoas encarnadas desdobradas em macas como a mulher que atendemos. O responsável alegou que estavam tentando encontrar a cura para a depressão, disse que o remédio funcionava no começo, mas depois não fazia mais efeito, a mesma tática que alguns feiticeiros usam em quem os procura.

Apagamos a mente do responsável pelo laboratório no astral e de seus 33 assistentes e os encaminhamos para reencarnação. AS cobaias que estavam tendo sua energia vital drenada foram reacopladas ao seu corpo físico. O galpão que eles utilizavam vai ser aproveitado por nossa equipe para abrigar espíritos socorridos. Já nos deparamos com vários casos em que a pessoa que usa algum remédio psicotrópico, para depressão, para dormir, para regular o humor, etc, estava desdobrado em algum laboratório no astral sendo cobaia e tendo sua energia vital drenada.

Alguns dias depois no atendimento de um rapaz que está lutando para se desvencilhar do vício de drogas nos deparamos com outro cientista pesquisador de drogas que estava empenhado em manter o rapaz viciado, principalmente nesses comprimidos que usam em raves, como LSD, N-etilpentilona e talvez a mais usada que é o ecstasy ou MDMA. Esse cientista, que coincidentemente está morto há uns 20 anos, tinha como alvo principal os jovens que usam essas drogas sintéticas em forma de comprimidos e ficou com muita raiva de os descobrimos pois descobrimos que eles têm aqui no físico mais de 4 bilhões desses comprimidos para desovar nessas festas no mundo todo.

O cientista afirmou que um jovem viciado lhes fornece energia por muitos anos. Os usuários desses comprimidos eram desdobrados e vampirizados para manter uma cidadela no astral onde viviam cerca de 10.000 espíritos desencarnados. Alguns milhares eram levados para essa cidadela onde participavam de raves no astral com os espíritos desencarnados enquanto estavam sob efeito dos comprimidos aqui no físico. O cientista e todos que viviam nessa cidadela foram obliviados e encaminhados para reencarnação. As instalações da cidade vão ser usadas como uma base avançada no umbral para apoio ao resgate de espíritos.

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page